Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2022
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 15º

Beto volta a faturar pela Udinese: "É difícil sair do banco..."

Avançado português contribuiu para a vitória da formação de Udine frente ao Hellas Verona.

Beto volta a faturar pela Udinese: "É difícil sair do banco..."
Notícias ao Minuto

07:41 - 04/10/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Declarações

O avançado português Beto esteve em destaque na noite de segunda-feira, ao apontar o primeiro dos dois tentos que ajudaram a Udinese a vencer na visita ao Hellas Verona de Miguel Veloso, por 2-1, levando agora cinco golos em oito jogos com a camisola da formação de Udine nesta temporada.

Titular em apenas três dos oito jogos já realizados pela Udinese esta época, o avançado português não escondeu a emoção de voltar a marcar, confessando que o estatuto de suplente utilizado não lhe agrada.

"Entrei e empatei, sinto-me bem, estou feliz em ajudar a equipa novamente. Vamos seguir em frente. Como foi o golo? Lindo, porque senti a equipa em baixo, tínhamos de marcar. Vi o Gerry [Deulofeu] com a bola e disse a mim mesmo que tinha de me movimentar para marcar. Ele está a ser incrível este ano. Eu, a titular ou a suplente, todos sabem em que condição estou. De volta depois de uma longa lesão, tenho que ir devagar, porque não é que eu possa jogar sempre como titular. Confio nos meus companheiros, se não jogar eu quem está dentro resolve o jogo. Estou feliz e satisfeito", começou por dizer Beto, em declarações prestadas à plataforma de streaming DAZN.

"É difícil sair do banco, mas se for o caso não fico com raiva, todos sabem que venho de uma lesão grave e é normal. Mas eu quero estar em campo, para ajudar os meus colegas. Eu sempre quero jogar desde o início, é normal para qualquer jogador. O segredo desta equipa é o trabalho. E estamos muito unidos, a união é importante. Marcar golos é bom para a equipa, mas eu sei que se eu não jogasse venceríamos de qualquer forma. Eu confio neles", continuou o dianteiro, de 24 anos.

Beto igualou ainda o recorde de golos de Di Natale, figura mítica da equipa de Udine, nos primeiros oito jogos com a camisola da Udinese, mostrando-se satisfeito por esse feito.

"Conheci-o pessoalmente uma vez, gostava da forma como ele jogava. Deixa-me orgulhoso, mas não estava a par. Só sei que quero continuar a ganhar. Sabemos que somos fortes, que temos um grupo de bons jogadores, mas não podemos olhar para a classificação. Vamos pensar jogo a jogo", finalizou.

Leia Também: Beto entra, marca e ajuda a Udinese a 'meter a sexta' em Verona

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório