Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

"Azia? O mister Sérgio Conceição está sempre mais aziado do que eu"

Treinador do Sporting fez a antevisão ao Clássico diante do FC Porto.

"Azia? O mister Sérgio Conceição está sempre mais aziado do que eu"
Notícias ao Minuto

17:15 - 19/08/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Desporto Rúben Amorim

FC Porto e Sporting defrontam-se, este sábado, a partir das 20h30, para o primeiro Clássico da temporada, num duelo relativo à 3.ª jornada da I Liga.

De um lado vai estar o campeão que chega a este embate com seis pontos, fruto de dois triunfos; e do outro estará o vice-campeão que amealhou quatro pontos, resultantes de um empate na Pedreira e a vitória caseira contra o Rio Ave.

Na antevisão a esta partida, Rúben Amorim analisou a ausência de Matheus Nunes e quem poderá ser o seu substituto no Dragão, prometendo uma equipa para ganhar os três pontos.

Veja o essencial das declarações de Rúben Amorim.

Termina a conferência de Rúben Amorim

Rodrigo Querido | há 1 mês

Confira todas as palavras do treinador do Sporting nesta antevisão ao Clássico diante do FC Porto.

Derrota pode deixar Sporting a cinco pontos do FC Porto. Isso preocupa-o?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Nada. Sabemos que a vida de treinador é assim, quando se ganha e perde estamos sempre sob pressão. A nossa ideia é ganhar e passar para a frente do FC Porto. Se não acontecer, cá estaremos para vencer no próximo jogo.

Conceição disse que o ataque do Sporting não muda muito sem Paulinho

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Nós jogamos de uma forma diferente consoante as características dos jogadores. Vamos deixar o Paulinho recuperar, se não fizer golos quando voltar cá estarei para responder por ele. Em princípio é o Marcus [Edwards] que vai jogar lá no meio, deu conta do recado no último jogo, e no fundo são os três que jogam no meio, porque têm características para isso.

 

Disse que Tabata saiu para segurar Matheus Nunes. Incoerência?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Não sou incoerente. Já fui criticado no passado pelo contrário, por me fiar muito nas minhas ideias. Vendemos o Tabata porque o Matheus Nunes não quis sair na altura. Desde o primeiro momento que disse que o Tabata tinha de ficar, mas não podia ficar com todos e sempre tive essa atenção na construção do plantel. Por isso, a incoerência de certeza que não é do lado do treinador.

 

Reintegração de Jovane Cabral

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: O Jovane não vai estar no jogo com o FC Porto. Esteve a treinar à parte e foi reintegrado. Foi uma questão de esclarecer com ele, também a situação do Matheus influenciou. Antes do jogo, não disse que o Jovane ficava de fora. Ficámos com menos um jogador, resolvi falar com o Jovane e é mais um jogador para ajudar. O Jovane não ficaria de outra forma, se ficar aqui, é porque aceitou um novo vínculo. Paulinho não vai a jogo, deixe-mos o Paulinho recuperar.

FC Porto sem Fábio Vieira e Vitinha

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Não é totalmente diferente, um pouco. Com o Vitinha e o Fábio Vieira era um pouco mais refinado. Mas só um bocado diferente porque mudam os jogadores, é preciso um pouco de tempo. Mas Taremi dá muita profundidade, Evanilson, Uribe... a base está lá, não muda muito. O estádio estará cheio e gostamos desses desafios.

Mateus Fernandes o mais próximo de Matheus Nunes

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Matheus Fernandes ainda é cedo, é jogador de projeto e acreditamos muito nele. Temos de ter cuidado com as fases, ainda é júnior. O Matheus Nunes quando subiu era mais velho. Queremos competição entre eles. Mas não vamos comparar porque não é possível.

Já há dinheiro para Horta ou Ronaldo e ficou chateado com o Matheus?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Se vendemos para fazer face a coisas básicas do clube e do dia a dia obviamente não vamos falar disso, o objetivo é criar mais-valias para sustentar o clube. Sobre o Matheus diziam que fiquei chateado como Matheus, não é verdade. Adoro aquele miúdo, só quero que ele seja feliz aqui ou noutro lugar. Nunca ficaria chateado. Estou aqui pelos Nuno Mendes, Palhinha, Matheus. Vamos ser sempre amigos. Vai ficar marcado na minha vida como todos os outros jogadores.

O que espera do FC Porto?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: É o campeão nacional, tem um grande treinador, goste-se ou não muito do Sérgio Conceição. De certeza que teve uma semana focada no jogo e nós desfocámo-mos um bocadinho. Esperamos um FC Porto muito forte nas bolas paradas e nas transições, muito inteligentes no ataque à área. Às vezes deixa-nos sair um bocadinho para depois nos saltar na pressão e nós temos dificuldades na construção. São uma equipa inteligente e madura.

Como foi preparada a semana?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: A semana foi preparada sem o Matheus, já sabíamos disso. O negócio foi concluído na segunda-feira e nós só começamos na terça. Foi fácil preparar as dinâmicas. O jogador que jogar no lugar do Matheus não consegue fazer aquilo que ele faz e alterámos um bocadinho, ajuda a equipa para chegar ao objetivo que é ganhar jogos.

O que mudou para agora Matheus Nunes sair?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Fica mais difícil porque saiu o colega do lado. Já tínhamos perdido o melhor marcador, mas isso faz parte do futebol. O que mudou não sei. Sei desde o primeiro momento que o Matheus podia sair e que a vontade da direção era tirá-lo. Fizemos o máximo para mantê-lo. Passámos para um plano B em que tentámos vender todos os jogadores, entre eles o Tabata, para manter os nossos melhores. Apareceu outra vez esta proposta aliciante e a direção faz as sus escolhas. Eu sou empregado do clube. É um conforto muito grande para o clube em termos financeiros e nós arranjaremos soluções. Temos também um objetivo em termos de equipa técnica de que o próximo que se sentar aqui não tenha estes problemas todos. Isso dá-nos mais força para voltar ao nosso nível e ganharmos jogos.

Mais dinheiro após a venda de Matheus Nunes

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Obviamente que não vamos gastar o dinheiro do Matheus porque ele foi vendido para fazer face a coisas básicas do clube. Foi essa a ideia que me transmitiram. Não vamos ser nós a estragar esse conforto financeiro à direção. Não vamos estar a fazer muitas mudanças na equipa. É difícil contratar nesta altura porque os clubes não querem perder os melhores e nós não queremos jogadores abaixo do nosso nível neste momento. Temos alguns jogadores com potencial que já tínhamos identificados e podemos acelerar a sua contratação. Conto com os que cá estão.

Insatisfeito com a venda de Matheus e resposta a Conceição

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Obviamente estou insatisfeito por perder um jogador como o Matheus. Se não estivesse insatisfeito é porque algo se passaria comigo. Azia? O mister Sérgio Conceição mesmo sendo campeão e ganhando títulos está sempre mais aziado do que eu. Temos personalidades diferentes. Não estou contente, O Matheus é um jogador que nos faz sempre muita falta e não contava perdê-lo. Agora é preparar o próximo jogo com os jogadores que temos.

Quem vai jogar no lugar do Matheus Nunes?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Não vou dizer (risos). Não vou ajudar o mister Sérgio Conceição. De certeza que não muda muito na abordagem do FC Porto, mas vamos guardar as características do jogador que vai fazer o papel do Matheus para a hora do jogo. Temos o Pote, o Morita e o Mateus Fernandes que podem jogar lá. Temos uma ideia, alguém vai estar lá e vai estar preparado para ajudar a equipa a vencer o jogo.

Como foi a semana de trabalho?

Rodrigo Querido | há 1 mês

Rúben Amorim: Foi estranha e diferente pelos motivos que se sabe. Mas reorganizamo-nos, começamos a focar-nos no jogo. Preparámos o jogo da melhor maneira tendo em vista os pontos fortes do FC Porto, que é uma equipa que marca muitos golos e sofre poucos. O FC Porto é muito competente em todos os momentos do jogo, qualquer bola parada são perigoso. Sabemos da importância do jogo, já tivemos um empate. Foi uma preparação normal de um clube que quer ganhar em qualquer campo.

Arranca a conferência de imprensa de Rúben Amorim

Rodrigo Querido | há 1 mês

Técnico dos leões começa a perspetivar o duelo contra o FC Porto, agendado para este sábado às 20h30, num duelo relativo à 3.ª jornada da I Liga.
 

Início da conferência de imprensa marcado para as 16h30

Rodrigo Querido | há 1 mês

O treinador verde e brancos fala aos jornalistas no Estádio de Alvalade dentro de minutos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório