Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2022
Tempo
26º
MIN 16º MÁX 28º

Bruno Lage aponta o dedo a Marsch: "Há coisas que não se podem dizer"

Treinadores de Wolverhampton e Leeds United protagonizaram uma intensa discussão após o apito final.

Bruno Lage aponta o dedo a Marsch: "Há coisas que não se podem dizer"
Notícias ao Minuto

18:20 - 06/08/22 por Notícias ao Minuto

Desporto Premier League

Bruno Lage apontou, ao final da tarde deste sábado, Jesse Marsch como o principal culpado pelos momentos de tensão vividos entre ambos, após a derrota sofrida pelo Wolverhampton na deslocação ao terreno do Leeds United, por 1-2.

"Não tenho nada contra o outro treinador, mas ouvi algo de que não gostei. Há coisas que, na minha opinião, não se podem dizer", atirou, em declarações prestadas na zona de entrevistas rápidas da estação televisiva britânica BBC Sport.

O treinador dos whites, por sua vez, acabou por enveredar por uma conduta mais diplomática quando confrontado com o polémico episódio, que teve lugar junto aos bancos de suplentes: "Na verdade, não foi nada. É normal. Respeito o Bruno, e ele faz um grande trabalho".

Os Wolves chegaram a estar em vantagem, em Elland Road, graças a um golo assinado por Daniel Podence, aos seis minutos de jogo. Os homens da casa acabariam, no entanto, por dar a volta ao resultado, graças a um tento

Leia Também: Bruno Lage acabou o Wolves-Leeds pegado com o técnico adversário

de Rodrigo Moreno e a um auto-golo de Rayan Ait-Nouri.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório