Meteorologia

  • 17 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Notas do FC Porto-Atlético: Pontaria desafinada custa adeus à Champions

Taremi foi o rosto da falta de eficácia dos dragões que transitam agora para a Liga Europa. O Atlético de Madrid foi inteligente na leitura do jogo e segue para os oitavos da Champions.

Notas do FC Porto-Atlético: Pontaria desafinada custa adeus à Champions

O FC Porto viveu uma noite de terça-feira que tão depressa não sairá da memória dos adeptos. Os dragões foram derrotados pelo Atlético de Madrid (1-3), na derradeira jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões, num jogo em que apenas devem queixar-se de si próprios. A falta de eficácia e a algum descontrolo emocional ajudam a explicar o porquê de o FC Porto não marcar presença nos oitavos'. 

Griezmann (57') abriu as contas, ao passo que Correa (90') e Rodrigo de Paul (90'+2) aproveitaram para ampliar o resultado, numa altura em que a equipa portista estava a jogar mais com o coração do que com a cabeça. 

Sérgio Oliveira (90'+6), a fechar, converteu uma grande penalidade e fixou o resultado final no Dragão. Vamos aos protagonistas. 

A figura 

Antoine Griezmann andou sempre meio desaparecido do jogo, mas apareceu para resolver. Apontou o primeiro golo e ainda participou ativamente no segundo apontado por Correa.  O internacional francês regressou ao clube colconhero para ser decisivo nestes momentos e a verdade é que o foi na noite de ontem. 

A surpresa 

Vitinha ganhou a confiança de Sérgio Conceição e foi pela primeira vez titular na Liga dos Campeões. O jovem médio dá critério na circulação de bola e foi assinando vários pormenores que não enganam: é craque. Não teve medo de pegar a bola e de distribuir jogo perante a pressão constante dos colconheros. Com o passar dos minutos o cansaço acumulou-se e acabou por perder algum discernimento.

A desilusão 

Mehdi Taremi continua longe dos golos e voltou a ser perdulário num jogo de capital importância. Dispôs de duas grandes oportunidades para marcar, quando o nulo ainda se mantinha no marcador, mas falhou, de forma incrível, ambas. É certo que ajuda a equipa em vários outros aspetos, mas na noite de ontem pediam-se golos e eficácia. Taremi não teve nenhuma delas. Noite absolutamente negativa para o iraniano. 

Treinadores 

Sérgio Conceição

Surpreendeu ao preferir manter Vitinha no onze e deixar Sérgio Oliveira no banco e o FC Porto até esteve bem na partida... até ao golo de Griezmann. Depois disso, a equipa perdeu o equilíbrio e pior ficou com a expulsão de Wendell. Tentou mexer, lançando vários jogadores, mas o FC Porto nunca mais se encontrou.

Diego Simeone 

Apresentou-se no Dragão com um 5x3x2 ao contrário das previsões. A receita era simples: defender bem e atacar na hora certa. O golo de Griezmann até caiu meio aos trambolhões, mas depois a sua equipa soube 'matar' o jogo numa transição ofensiva que deve ser vista e revista. Só é surpresa para quem não acompanha este Atlético há largos anos. Os resultados acabam sempre por ser melhores dos que as exibições. 

O árbitro 

Clément Turpin teve uma noite complicada no Dragão. Nem sempre foi uniforme no critério e não soube tomar conta do jogo no momento em que expulsou Carrasco. O belga fez por ver o vermelho e no momento seguinte também deu ordem de expulsão de Wendell.
 

Leia Também: Jornalistas espanhóis dizem ter sido agredidos no Dragão

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório