Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 15º

Edição

Este dragão respira ‘Vitinha'. FC Porto assiste ao dérbi no ‘cadeirão'

Azuis e brancos venceram em Portimão com auto-golo de Pedro Sá e remates certeiros de Vitinha e Otávio.

Este dragão respira ‘Vitinha'. FC Porto assiste ao dérbi no ‘cadeirão'

O FC Porto venceu, nesta sexta-feira, o Portimonense, por 3-0, no barlavento algarvio, num duelo relativo à 13.ª jornada da I Liga. Os azuis e brancos triunfaram graças a um auto-golo de Pedro Sá e remates certeiros de Vitinha e Otávio.

O jogo em Portimão começou com uma grande oportunidade para o emblema anfitrião que, à passagem dos seis minutos, desperdiçou uma soberana ocasião por Fabrício. Brilhou Diogo Costa e na fotografia ficou muito mal Mbemba, após cortar a bola diretamente para o caminho do avançado do Portimonense.

Do outro lado da barricada brilhava o homem do costume… Luis Díaz. Por duas ocasiões, e no mesmo minuto (12’), o internacional colombiano cheirou o golo, para depois Taremi colocar em sentido Samuel Portugal. Porém, a etapa inicial vivia de fogachos e de jogadores a necessitar de ‘cafeína’ para uma maior celeridade de processos.

E teria de ser mesmo de bola parada que o nulo no barlavento algarvio se quebrasse, e pelo inevitável Luis Díaz: livre do colombiano, com a bola a desviar em Pedro Sá e a rumar para o lado oposto de Samuel Portugal.

A etapa complementar começou com uma toada mais pujante dos dragões, que ‘caçou’ quase o segundo golo, por Mbemba, porém Moufi ofereceu o ‘corpo à bala’ e negou a alegria azul e branca.

Aos 70 minutos acabaria mesmo por chegar o tento para os pupilos de Sérgio Conceição, e por Vitinha. O médio estreou-se a marcar com a camisola dos dragões, na sequência de um remate cruzado, sem hipótese de defesa para Samuel Portugal.

Cinco minutos volvidos, novo golo (e que bonito golo) para o emblema da Invicta,com uma bela transição entre Luis Díaz e Taremi, a resultar no passe do iraniano para o chapéu de Otávio. 

Contas feitas, o dragão vai assistir ao dérbi eterno de cadeirão, com três pontos de vantagem para o Sporting e quatro para o Benfica.

Onze do Portimonense: Samuel; Lucas Possignolo, Willyan, Pedrão; Moufi, Carlinhos, Pedro Sá, Fali Candé; Aylton, Angulo e Fabrício.

Onze do FC Porto: Diogo Costa; Manafá, Mbemba, Fábio Cardoso e Zaidu; Otávio, Uribe, Vitinha e Luis Díaz; Taremi e Evanilson.

Suplentes do Portimonense: Ricardo Ferreira, Relvas, Ewerton, Lucas Fernandes, Luquinha, Imbula, Anderson, Renato Júnior, Marcus.

Suplentes do FC Porto: Marchesín, Wendell, Grujić, Sérgio Oliveira, Bruno Costa, Fábio Vieira, Pepê, Corona, Toni Martínez.

Antevisão: Portimonense e FC Porto defrontam-se, nesta sexta-feira, a partir das 19 horas, no Estádio Municipal de Portimão, para a 13.ª jornada da I Liga.

Os dragões deslocam-se ao barlavento algarvio no primeiro lugar do campeonato, com 32 pontos, fruto de 10 triunfos e apenas dois empates. Por sua vez, a equipa de Paulo Sérgio segue no sexto lugar, com 20 pontos, e apenas a dois do quarto posto.

Os pupilos de Sérgio Conceição sabem que a vitória os mantêm na liderança da competição e, com a certeza, que um dos rivais (ou ambos) vão ceder pontos na corrida pelo título, por força do dérbi eterno que se realiza a partir das 21h15 no Estádio da Luz.

Leia Também: Portimonense-FC Porto: Olho aberto contra esta caixinha de surpresas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório