Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2022
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

"Quem não gostaria de jogar num clube tão grande como o FC Porto?"

Defesa português vê com bons olhos um regresso a Portugal, com a possibilidade de relançar a carreira, mas não dá certezas quanto à mudança.

"Quem não gostaria de jogar num clube tão grande como o FC Porto?"

Rúben Semedo terá confessado que seria do seu agrado jogar no FC Porto. O defesa do Olympiacos tem sido recentemente apontado à invicta depois das dúvidas causadas pelas condições físicas de Pepe e Marcano e pela renovação parada de Mbemba.

"Claro que agradava-me jogar no FC Porto. Quem não gostaria de jogar num clube tão grande como esse? Não posso dizer muito mais neste momento, vamos ver o que acontece no futuro próximo", foram as palavras de Rúben Semedo em conversa com o jornal A Bola sobre a possível transferência.

O defesa português não abre mais o jogo, mas entende que o regresso a Portugal para jogar nos dragões seria positivo para a sua carreira. "Tenho trabalho e devo voltar em breve a jogar. O FC Porto poderia dar para relançar a minha carreira, naturalmente, mas vamos aguardar por novidade lá mais para a frente", disse Rúben Semedo.

Aos 27 anos, o defesa formado no Sporting tem estado envolvidos em casos de tribunal, envolvendo porte de arma indevido no tempo em que jogava no Villarreal e ainda uma suposta violação já na Grécia, o que terá tirado Rúben Semedo dos relvados por algum tempo. No entanto, o português está de volta aos trabalhos do Olympiacos, orientado por Pedro Martins, e o regresso aos relvados estará para breve.

Leia Também: Rúben Semedo aproxima-se do FC Porto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório