Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

"Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes não podem jogar em simultâneo"

John Barnes defende que, desta maneira, o Manchester United "não vai funcionar defensivamente".

"Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes não podem jogar em simultâneo"
Notícias ao Minuto

19:05 - 25/11/21 por Notícias ao Minuto 

Desporto John Barnes

John Barnes, antigo internacional inglês que se destacou ao serviço do Liverpool, entre 1987 e 1997, defendeu, esta quinta-feira, que Cristiano Ronaldo é, neste momento, um dos principais problemas da equipa do Manchester United.

Em declarações prestadas ao portal britânico BonusCodeBets, o ex-avançado, atualmente com 58 anos, sublinhou que os red devils "precisam de dar prioridade à equipa, não ao indivíduo", algo que vai contra a natureza do goleador português.

"Se Ronaldo marca golos mas a equipa está a perder, ele faz parte disso. Precisas de jogadores que corram quando não marcam. Não vale a pena marcar um e sofrer dois. É por isso que o equilíbrio da equipa deveria ser importante", atirou.

"A forma como Ronaldo está a jogar ao nível do registo goleador é fantástico, mas, quando eles não têm a bola, ele faz parte de um quarteto da frente que não funciona defensivamente. Não vale a pena dizer que estamos satisfeitos só porque ele está a marcar", prosseguiu.

"O Manchester United não pode dar-se ao luxo de ter Ronaldo, Bruno Fernandes, Mason Greenwood ou Marcus Rashford em campo em simultâneo, uma vez que eles não vão trabalhar defensivamente. Podem marcar dois golos, mas vão sofrer mais", rematou.

Leia Também: Manchester United chega a acordo com Rangnick para suceder a Solskajer

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório