Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 16º

Edição

Bruno Fernandes terá equacionado deixar Manchester por culpa da Superliga

Imprensa britânica garante que o internacional português foi um dos jogadores que ficou mais incomodado com a posição do clube.

Bruno Fernandes terá equacionado deixar Manchester por culpa da Superliga

Já lá vai cerca de meio ano desde que 12 clubes 'abalaram' o futebol europeu, ao anunciar a criação de uma Superliga Europeia. Um projeto que, no entanto, acabou por 'desmoronar' poucos dias depois, devido à pressão de adeptos, organismos e até mesmo dos próprios jogadores.

O Manchester United foi um dos nove emblemas que acabaram por optar por abdicar da prova (Real Madrid, Barcelona e Juventus são, neste momento, os únicos que se mantêm firmes), em parte por culpa de Bruno Fernandes, segundo adianta, esta quarta-feira, o portal britânico The Athletic.

A publicação garante que o internacional português foi um dos jogadores dos red devils que mais se sentiu incomodado com o papel do clube na criação desta competição, de tal maneira que terá mesmo equacionado pedir para ser transferido.

Luke Shaw também terá transmitido a sua indignação diretamente ao diretor executivo do conjunto sediado em Old Trafford, Ed Woodward, numa reunião realizada de forma remota, na qual também esteve presente o diretor do futebol, John Murtough.

Os jogadores do Manchester United ficaram indignados por não terem sido consultados, e a polémica adquiriu tal dimensão que, não só o clube abandonou a Superliga Europeia, como o próprio CEO acabou por pedir a demissão.

Leia Também: Gary Neville 'atira-se' a CR7 e Bruno Fernandes: "Isto tem de parar"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório