Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
15º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Barcelona está em crise e Xavi ganha força para substituir Koeman

Estilo de jogo, conhecimento do clube e carinho dos adeptos são alguns dos fatores que jogam a favor do espanhol.

Barcelona está em crise e Xavi ganha força para substituir Koeman

A menos de uma semana de distância da visita ao Benfica, para a fase de grupos da Liga dos Campeões, o Barcelona atravessa uma grave crise desportiva, e, esta quinta-feira, não conseguiu ir além de um empate sem golos na receção ao Cádiz.

O conjunto blaugrana soma já três partidas consecutivas sem qualquer triunfo, e um novo 'deslize', no próximo domingo, diante do Levante, pode mesmo vir a ditar a demissão de Ronald Koemana do cargo de treinador da equipa principal.

O jornal espanhol Mundo Deportivo escreve, esta sexta-feira, que Xavi Hernández vai ganhando cada vez mais força no lote de candidatos a suceder ao antigo selecionador neerlandês no comando técnico do conjunto catalão.

O presidente, Joan Laporta, não estaria, inicialmente, muito convencido na aposta no atual treinador do Al Saad (clube com o qual tem contrato válido até 2023, mas que não colocaria entraves no regresso a Camp Nou), mas o cenário mudou nos últimos dias.

O facto de conhecer bem o Barcelona, onde alinhou durante larga parte da carreira enquanto jogador, assim como o estilo de jogo e de recolher o apoio da massa adepta, colocam Xavi como o grande favorito a suceder a Ronald Koeman, neste momento.

Leia Também: Novo jogo, novo tropeção. Barcelona vai de mal a pior

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório