Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2021
Tempo
19º
MIN 13º MÁX 25º

Edição

Insólito: Clube rescindiu com jogador antes do tempo e ficou sem dinheiro

Vitória estava a negociar a venda de Pedrinho para o Athletico Paranaense.

Insólito: Clube rescindiu com jogador antes do tempo e ficou sem dinheiro

Do Brasil chega-nos um caso insólito que promete fazer correr muita tintas nos próximos meses. A situação está relacionada com o processo de venda de Pedrinho, jogador do Vitória, ao Athletico Paranaense.

Os dois clubes chegaram a um acordo verbal para a transferência do lateral-esquerdo, de 19 anos, mas o Vitória acabou por ser precipitar e rescindiu contrato com o jogador antes do acordo estar concluído.

Segundo conta a imprensa brasileira, o Athletico Paranaense iria pagar cerca de 1,3 milhões de euros por Pedrinho, numa transferência que previa que o médio Pablo Siles seguisse o mesmo caminho no final da temporada, por 240 mil euros.

Segundo o Vitória da Bahia, foi acordado com o Athletico Parananense que este pagaria uma primeira tranche, de cerca de 500 mil euros, quando tornasse oficial a contratação de Pedrinho, que ficaria por empréstimo no clube baiano até final da época. O remanescente seria pago mais tarde em futuras prestações.

No entanto, o Vitória rescindiu com o jogador com o processo ainda em andamento e o Athletico Paranaense oficializou a transferência, alegando que o jogador estava livre no mercado.

"Note-se que sem a concretização/assinatura do contrato de transferência e rescisão prematura do contrato de trabalho pelo Vitória, o Atleta Pedro Henrique Azevedo Pereira ficou livre, sem vínculo desportivo, sendo contratado pelo nosso clube sem a realização da transferência outrora tratada pela partes", comunicou o Athletico Paranaense.

Por seu turno, o Vitória afirmou que "desconhece os motivos para o não cumprimento do contrato celebrado entre os clubes, assim como para o não pagamento do valor ajustado", garantindo ainda que entrou com uma medida processual na Câmara Nacional de Resolução de Disputas (CNRD) da CBF, "para fins de impor ao Athletico Paranaense o cumprimento do acordo".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório