Meteorologia

  • 16 SETEMBRO 2021
Tempo
25º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

"Footlab? Foi uma canalhice. Não vale tudo para denegrir a minha imagem"

Presidente foi acusado de fazer negócios com o clube da Luz.

"Footlab? Foi uma canalhice. Não vale tudo para denegrir a minha imagem"

Rui Costa abordou, em entrevista à TVI, a polémica em torno da empresa Footlab, depois do movimento "Servir o Benfica" ter alegado que o na altura vice-presidente fazia negócios com o clube.

O presidente dos encarnados reagiu a essas críticas, e disse que o caso se trata de uma canalhice.

"Tentei dar pouca importância a esse caso. Considero-o uma canalhice. Não pode valer tudo para denegrir a minha imagem. Considero que seja uma canalhice e deixe-me explicar o que é o Footlab. Não é nenhuma casa de agenciamento de jogadores, é um espaço que tenho em Carnaxide para aluguer de campos. Serve para festas de anos, clubes, enfim, tudo e mais alguma coisa. É para divertimento. Colar-me a uma situação do género não deixa de ser uma canalhice. Quem referiu isso sabe o que é o Footlab. Foi um negócio que criei para o futuro dos meus filhos, não tenho nada a esconder", sublinhou Rui Costa.

"Estamos a querer juntar um espaço aberto ao público para aluguer de campos a um agência de jogadores. Tenho o maior orgulho em ter sido um dos ídolos da massa associativa do Benfica, mas isso não me deixa imune às críticas. Quero ser avaliado como presidente. Não me conseguem tocar na honra e nem na relação de amor ao clube. Não preciso de trazer para aqui todos os contratos de vida nem de lembrar o verão de 93 ou a forma como voltei ao Benfica. Não permito a ninguém", acrescentou.

Questionado ainda a existência de eventuais atos de gestão danosa durante a presidência de Luís Filipe Vieira, Rui Costa disse que nunca assinou qualquer documento que pensasse ser ilegal.

"Que me tenha na altura parecido duvidoso de certeza que não. À posteriori, olhando para trás, e não houve incriminação em nada, continua a ser a nossa esperança. O que está a ser investigado prende-se com duas assinaturas, que podem ser assinadas por qualquer um dos administradores disponíveis naquele momento na SAD. Muitas vezes estou no Seixal e os contratos são assinados na Luz. Faz parte da vida de um clube, há contratos para assinar todos os dias, com muito dinheiro, jamais posso pensar que estou a assinar uma coisa que não seja legal", sustentou, justificando depois a realização de uma auditoria às contas do clube da Luz.

"Foi pedida para perceber o que se está a passar com este processo. Não temos nada a esconder. A transparência é uma das coisas que quero trazer para o Benfica. o Benfica tem que ser falado pelas boas razões e não pelas más razões. Tudo o que seja feito no Benfica deve ser com a máxima transparência para os sócios e adeptos. É a minha primeira premissa enquanto presidente do Benfica", finalizou.

Leia Também: Filho de Rui Costa denuncia "ameaças de morte" e desativa redes sociais

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório