Meteorologia

  • 27 JULHO 2021
Tempo
19º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

"Pode parecer que estamos mal mas não estamos assim tão mal"

Pepe perspetivou o duelo contra França em conferência de imprensa.

"Pode parecer que estamos mal mas não estamos assim tão mal"

Seleção nacional em situação favorável para seguir para os 'oitavos': Portugal só depende de si próprio para qualificar-se. Sabemos que o jogo contra a França vai ser bastante difícil, mas esperamos corresponder às expetativas e conseguir o nosso objetivo, que é passar a fase de grupos.

Como Portugal pode anular os franceses? Portugal tem de ser uma equipa solidária e bastante aguerrida dentro de campo, colocando em prática o que o selecionador pediu. É verdade que eles são uma grande seleção, mas nós também vamos atacar com as nossas armas.

Depois de uma primeira fase abaixo do que era expetável, só o céu será o limite? Num grupo onde podemos fazer seis pontos e, tendo em conta a valia dos rivais, não é nada mau acabar com duas vitórias. Pode parecer que estamos mal mas não estamos assim tão mal. Fizemos um jogo menos conseguido mas o futebol dá a possibilidade de demonstrar no jogo seguinte, o que conseguimos fazer. Nós temos de provar frente à França do que somos capazes para conseguir essa vitória.

Como se encontra a seleção nacional? A equipa, depois da Alemanha, estava muito triste e esse jogo obrigou-nos a fazer uma análise individual, mas nós agora queremos mostrar o que realmente somos e aquilo que Portugal vem mostrando nos últimos anos.

Erros defensivos contra a Alemanha e o que deve ser corrigido? Primeiramente, quando se ganha, ganhamos todos, quando se perde, perdemos todos. Para o jogo de amanhã temos de ter as linhas mais juntas e ser mais solidários. E é isso que Portugal vem mostrando, trabalhando sempre em prol da equipa. Foi desta forma que nos tornámos uma equipa respeitada. No jogo frente à Alemanha, o lateral esquerdo deles vibrou quando ganharam um canto. Essa raiva e esse querer de bater Portugal notou-se na cara deles. E é essa raiva que também temos de ter amanhã.

A receita da longevidade: Eu amo aquilo que faço, que é jogar futebol, e sou um privilegiado por fazer aquilo que amo. 

Leia Também: "A agressividade não se treina, só se fizermos um combate de boxe"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório