Meteorologia

  • 29 JULHO 2021
Tempo
27º
MIN 17º MÁX 27º

Edição

Verstappen bate Hamilton em França e não larga a liderança do Mundial

Piloto holandês superou o campeão do mundo na penúltima volta e sagrou-se 'rei' em Le Castellet.

Verstappen bate Hamilton em França e não larga a liderança do Mundial

Max Verstappen reforçou, este domingo, a liderança isolada do Campeonato do Mundo de Formula 1, ao conquistar o Grande Prémio de França, o terceiro na presente temporada, após as vitórias asseguradas em Emilia Romagna e Mónaco.

O piloto holandês teve um arranque de corrida para esquecer, uma vez que, apesar de sair da primeira posição, foi ultrapassado logo à entrada para a segunda curva, por Lewis Hamilton, devido a um erro que o 'empurrou' para fora da pista.

Ainda assim, o homem da Red Bull nunca baixou os braços, correu atrás do prejuízo e recuperou a dianteiro do pelotão... na penúltima volta, tendo terminado a corrida com 2.904 segundos de vantagem sobre o campeão do mundo em título.

O pódio ficou fechado com a presença de um outro homem da Red Bull. Neste caso, Sergio Pérez, que ganhou a 'batalha' com Valtteri Bottas, cuja insatisfação para com a estratégia delineada pela Mercedes, no circuito Paul Ricard, ficou bem patente.

Ao triunfo, Max Verstappen acrescentou, ainda, a última volta, o que lhe permite passar a somar 131 pontos na tabela de pilotos do Mundial de Formula 1. No segundo lugar permanece Lewis Hamilton, com 119 pontos, seguido de Sergio Pérez, com 84.

Leia Também: Um fórmula 1 contra um avião invertido? Sim, isto aconteceu mesmo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório