Meteorologia

  • 24 SETEMBRO 2021
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 23º

Edição

Brasil bate Peru e segue em ritmo de 'passeio' rumo aos 'quartos'

O anfitrião Brasil somou na quinta-feira o segundo triunfo em dois jogos na edição 2021 da Copa América em futebol, ao golear o Peru, que cumpriu o primeiro jogo, por 4-0, na segunda jornada do Grupo B.

Brasil bate Peru e segue em ritmo de 'passeio' rumo aos 'quartos'
Notícias ao Minuto

07:20 - 18/06/21 por Lusa

Desporto Copa América

Depois do 3-0 à Venezuela, de José Peseiro, a formação comandada por Tite aplicou 'chapa' quatro aos peruanos, com tentos de Alex Sandro, aos 12 minutos, Neymar, aos 68, e dos suplentes Everton Ribeiro, aos 89, e Richarlison, aos 90+3.

A formação 'canarinha', em ritmo de 'passeio' rumo aos 'quartos', isolou-se no primeiro lugar do agrupamento, com seis pontos, contra quatro da Colômbia, um da Venezuela e nenhum de Equador e Peru, equipas que só têm um jogo disputado.

Depois de uma primeira ameaça de Fred, aos 11 minutos, o Brasil marcou logo aos 12, com o benfiquista Everton -- que viria a sair ao intervalo - a centrar da esquerda, um defesa a aliviar mal e Gabriel Jesus a cruzar da direita para Alex Sandro encostar.

Em vantagem, o Brasil manteve-se por cima, mas pouco rematou até ao intervalo, merecendo destaque um 'tiro' de Fabinho (25 minutos) e outro de Alex Sandro (45), sendo que, pelo meio, Renato Tapia (30) testou Ederson e Danilo evitou o tento de Yotún (39).

Na segunda parte, os anfitriões continuaram a dominar, Danilo deu o primeiro sinal de perigo, aos 52 minutos, e, aos 68, marcou Neymar, com um colocado remate de fora da área, para o seu 68.º golo pelo Brasil, em 107 jogos -- está a nove de Pelé (77 em 92).

Os 'canarinhos' abrandaram o ritmo, mas, na parte final, com os peruanos mais desgastados, ainda chegaram à goleada: Everton Ribeiro faturou aos 89 minutos, assistido por Richarlison, que fechou a contagem aos 90+3, na segunda recarga a uma defesa de Gallese, em duas jogadas com passes 'mágicos' de Neymar.

No primeiro encontro da ronda, a dizimada Venezuela, comandada pelo treinador português José Peseiro, conseguiu um empate a zero face à Colômbia, em Goiânia.

A formação 'vinho tinto', que perdeu muitos jogadores devido à covid-19, conseguiu o primeiro ponto, num embate em que mostrou grande organização defensiva e teve no jovem guarda-redes Wuilker Faríñez a sua grande figura.

Faríñez fez uma série de defesas de grande nível, nomeadamente a remates de Cardona (24 minutos), Zapata (32 e 35), do portista Urube (53 e 90) e de Miguel Borja (90+3), num embate em que o também 'dragão' entrou aos 62 e foi expulso aos 90+4.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório