Meteorologia

  • 30 JULHO 2021
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 27º

Edição

Teresa Perales vence Prémio Princesa das Astúrias para o Desporto

Nadadora espanhola já venceu 26 medalhas paralímpicas.

Teresa Perales vence Prémio Princesa das Astúrias para o Desporto
Notícias ao Minuto

12:20 - 02/06/21 por Lusa

Desporto Distinção

A nadadora espanhola Teresa Perales, vencedora de 26 medalhas paralímpicas, foi distinguida hoje, em Oviedo, Espanha, com o Prémio Princesa das Astúrias para o desporto 2021.

Teresa Perales recebe o galardão numa altura em que se está a preparar para os Jogos Tóquio2020, a sua sexta presença paralímpica, onde irá tentar acrescentar mais alguma medalha às que já tem: sete de ouro, nove de prata e 10 de bronze.

A nadadora nasceu em 29 de dezembro de 1975 em Saragoça (Espanha) e é amante de desportos desde criança, tendo praticado karaté até que, aos 19 anos, perdeu a mobilidade das pernas devido a uma neuropatia.

Perales formou-se em fisioterapia e treinou-se como técnica profissional, ao mesmo tempo em que encontrou na natação um novo desporto para competir, fazendo parte desde 1998 da elite da natação mundial, e é uma das atletas paralímpicas ativas de maior sucesso.

Este foi o quarto dos oito Prémios Princesa das Astúrias que vão ser anunciado este ano, depois de o galardão para a Comunicação e Humanidades ter sido atribuído à jornalista e escritora norte-americana Gloria Steinem, para as Artes à artista sérvia Marina Abramovic e para as Ciências Sociais ao economista indiano Amartya Sen.

Cada prémio consiste numa escultura do pintor e escultor espanhol Joan Miró - símbolo que representa o galardão -, 50.000 euros, um diploma e uma insígnia, que até 2019 foi entregue numa cerimónia solene presidida pelo rei de Espanha, Felipe VI, no teatro Campoamor, em Oviedo.

O prémio para o Desporto foi atribuído em 2020 ao piloto espanhol de automóveis Carlos Sainz e em edições anteriores à equipa neozelandesa de rugby 'All Blacks' (2017), aos irmãos e jogadores espanhóis de basquetebol Pau e Marc Gasol (2015), aos jogadores espanhóis de futebol Iker Casillas e Xavi Hernández (2012), à seleção espanhola de futebol (2010), entre outros.

Este galardão distingue "as trajetórias que, pela promoção, desenvolvimento e aperfeiçoamento do desporto e pela solidariedade e compromisso, se tornaram um exemplo das possibilidades que a prática desportiva traz em benefício do ser humano".

Em termos mais gerais, os Prémios Princesa das Astúrias distinguem o "trabalho científico, técnico, cultural, social e humanitário" realizado por pessoas ou instituições a nível internacional.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório