Meteorologia

  • 19 JUNHO 2021
Tempo
20º
MIN 14º MÁX 21º

Edição

Vitória valeu milhões e recorde histórico: As notas do Rio Ave-Sporting

Leões venceram em Vila do Conde, garantiram a entrada direta na Liga dos Campeões e já não perdem há 31 jornadas.

Vitória valeu milhões e recorde histórico: As notas do Rio Ave-Sporting

No final do jogo em Vila do Conde, em que o Sporting venceu o Rio Ave por 2-0, esta quarta-feira, Paulinho disse e bem: A equipa leonina foi madura em campo. E só uma equipa madura consegue 31 jornadas sem perder na I Liga, o que constitui um novo recorde em Portugal.

O Sporting entrou calmo, determinado a marcar cedo e conseguiu-o. Depois de várias oportunidades, foi de grande penalidade que Pedro Gonçalves abriu a contagem aos 34 minutos.

O Rio Ave poucos argumentos mostrou, ainda que na 2.ª parte tenha demonstrado uma atitude mais aguerrida na luta pelo resultado. Ainda assim, uma 'bomba' de Paulinho deitou por terra as esperanças vilacondenses nos Arcos.

O Sporting teve postura de campeão e segue embalado para o título numa altura em que faltam disputar mais três jornadas. Com nove pontos de vantagem sobre o 2.º classificado, o FC Porto, uma coisa é certa. O apuramento direto para a Liga dos Campeões (e 63 milhões de euros) está já garantido.

Figura

Paulinho fez, muito provavelmente, o seu melhor jogo desde que chegou ao Sporting. Ligado ao penálti no primeiro golo dos leões, o camisola 21 fez o 2-0 com um excelente remate sem hipótese de defesa para Kieszek. Procurou várias vezes o golo, sem descurar o jogo coletivo. Parece estar a entrosar-se cada vez melhor nas dinâmicas da equipa.

Desilusão

A equipa do Rio Ave por si só acabou por desiludir. A sua classificação não espelha a qualidade que o plantel tem e, por isso, esperava-se mais armas para atuar diante do líder do campeonato. A verdade é que pouco ou nada os vilacondenses conseguiram fazer e raras foram as vezes que chegaram com perigo à baliza de Adán. Francisco Geraldes foi um dos mais desinspirados, a par de Gelson Dala.

Surpresa

Ao lado de Coates, Gonçalo Inácio esteve muito bem. Coeso na defesa e exímio no capítulo do passe. O jovem central leonino destaca-se com esta 'ferramenta 'extra do seu jogo. Inácio tem a visão de jogo necessária para ver a desmarcação de um companheiro e a técnica necessária para colocar lá o esférico.

Treinadores

Rúben Amorim é o rosto desta equipa. Quando não se soma qualquer derrota em 31 jornadas, o grande culpado só pode ser o treinador e a sua equipa técnica. No final do jogo agradeceu aos seus jogadores, mas em abono da verdade os seus jogadores também têm de lhe agradecer por toda a confiança que neles deposita desde início. A certa altura falou na 'estrelinha' de campeão, mas esta quarta-feira o Sporting teve mais do que isso: Teve postura de campeão.

Miguel Cardoso disse que assumiu o jogo diante do "provavelmente futuro campeão nacional. E é certo que o Rio Ave, principalmente no início do segundo tempo, assumiu as despesas do jogo. Contudo, os vilacondenses foram sempre pouco perigosos no último terço e contam-se pelos dedos de uma mão (5) os remates que fizeram à baliza de Adán.

Árbitro

Não foi um jogo fácil para Fábio Veríssimo. Alguns lances de ânimos mais exaltados, como a expulsão de Tarantini e de um membro de staff do Rio Ave, até ao lance do penálti. Veríssimo soube agarrar o jogo e respondeu bem quando houve momentos de maior dificuldade. Nota positiva.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório