Meteorologia

  • 21 ABRIL 2021
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 19º

Edição

Marega de pólvora seca no campeonato: Jejum já tem quase dois meses

Último golo do maliano na I Liga foi diante do Benfica, a 15 de janeiro. Desde então, seguiram-se sete jogos, todos eles a titular, sem qualquer golo marcado.

Marega de pólvora seca no campeonato: Jejum já tem quase dois meses

Moussa Marega é, por estes dias, um avançado de pólvora seca no campeonato. O internacional maliano não marca há sete jogos consecutivos da I Liga e o último golo que apontou na competição data de 15 de janeiro deste ano no Clássico... diante do Benfica. Desde então, Marega apenas marcou mais dois golos num período de quase dois meses.

No passado sábado, ante o Sporting, Marega voltou a mostrar pouca pontaria na hora de atirar à baliza adversária e foi, sem surpresas, um dos primeiros 'sacrificados' de Sérgio Conceição, que lançou Evanílson para tentar desfazer o nulo que, porém, acabou inalterado até ao fim dos 90 minutos.

Taremi obrigou a recuo

Com a entrada de Mehdi Taremi no onze, Marega passou a ocupar zonas mais recuadas no terreno e descaído mais para as alas.

Ainda assim, a um avançado de uma equipa ofensiva pede-se, naturalmente, mais e melhor. Aliás, os adeptos querem, sobretudo, golos. Desde o jogo com o Benfica, Marega jogou as sete jornadas seguintes, sempre na condição de titular, mas ficou sempre em branco: Farense, Rio Ave, Belenenses SAD, Sp. Braga, Boavista, Marítimo e Sporting. Pelo meio, vale destacar, marcou dois golos em duas competições diferentes: frente ao Sporting, na meia-final da Taça da Liga, e diante da Juventus, na 1.ª mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Se contabilizarmos todos os dados desta temporada, podemos verificar que Marega acumula um saldo de 10 golos em 32 jogos ao serviço do FC Porto. O pior registo com a camisola dos dragões remete para a época transata, na qual marcou 15 golos em 42 jogos. Feitas as contas, Marega ainda vai muito a tempo de conseguir superar o registo tímido da última temporada e de voltar a conquistar os adeptos. Na próxima quarta-feira, pode ajudar o FC Porto a carimbar a passagem à final da Taça de Portugal, mas para isso terá de marcar frente ao Sp. Braga na 2.ª mão da meia-final. Depois, aí sim, pode centrar baterias nos 13 jogos que restam do campeonato.

Substituído na grande maioria das vezes

Nos tais sete jogos consecutivos sem marcar no campeonato, Sérgio Conceição optou por retirar Moussa Marega de campo em cinco deles. Claro está que a gestão física tem peso nas decisões do treinador do FC Porto, mas nem tudo se resume a isso. Também pode ser encarado como um sinal de que os adversários conseguem, neste momento, anular a velocidade e o poderio ofensivo do maliano.

'Namoro' turco

Marega, a par de Otávio, é um dos jogadores que está em final de contrato com o FC Porto e que por esta altura pode negociar com outro clube livremente. Sem renovação à vista, a imprensa turca tem dado eco ao sucessivo interesse do Fenerbahçe no internacional maliano. O desfecho deste 'namoro' será conhecido no verão.

Leia Também: FC Porto nem deixou a 'Juve' respirar e fez o segundo a abrir o 2.º tempo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório