Meteorologia

  • 15 ABRIL 2021
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 22º

Edição

"Perdemos uma pessoa que era pura vida. Foi a maior derrota de sempre"

O Selecionador Nacional de andebol recordou, numa conversa com o Desporto ao Minuto, Alfredo Quintana e revelou-nos uma história que sucedeu no Mundial do Egito e que ficará para a posteridade.

"Perdemos uma pessoa que era pura vida. Foi a maior derrota de sempre"

Alfredo Eduardo Quintana Bravo nasceu a 20 de março de 1988 na capital cubana, Havana, mas foi com as cores de Portugal que gritou ao mais alto nível dentro da quadra. Com as cores de Portugal, e também as do FC Porto, clube pelo qual se sagrou seis vezes campeão nacional, conquistou uma Taça de Portugal e duas Supertaças nacionais.

Ainda bem presente na memória está o Mundial do Egito, afinal, poucas semanas passaram desde esse histórico 10.º lugar, a melhor classificação de sempre de Portugal neste certame desportivo. Mas tão depressa como fomos 'às nuvens' com esse feito, hoje estamos a chorar "a pior derrota do andebol nacional". Quintana partiu, nesta sexta-feira, após uma paragem cardiorrespiratória no início desta semana durante um treino.

Agora, o desafio passa por levantar uma equipa, uma Seleção. E o 'comandante' de Portugal, Paulo Jorge Pereira, deu a voz ao Desporto ao Minuto para falar sobre o adeus ao número 1... o eterno Alfredo Quintana.

“Situações destas são anti-naturais e quando acontecem deixam-nos um pouco desprevenidos, porque têm um enorme impacto na vida das pessoas, sobretudo quando são muito próximas. É difícil gerir uma situação destas e passar por isto", começou por dizer o Selecionador Nacional, que não escondeu a emoção ao proferir estas primeiras palavras.

"De qualquer maneira são situações reais que sucedem todos os dias em diferentes domínios, e não apenas no desporto. A diferença é que no desporto existe um maior mediatismo e choca-nos sempre quando vemos um atleta a desaparecer desta maneira. A verdade é que estas coisas acontecem e temos de estar preparados para tudo nesta guerra que acaba por ser a vida. Agora é preciso reagir com coragem e sabedoria e aceitar que é uma realidade, para depois podermos continuar a construir este projeto mesmo sem ele entre nós".

Paulo Jorge Pereira lamenta a perda de um "guerreiro" e de alguém que tinha um enorme lado emocional: "Custou-nos muito, era de certa forma até esperado, porque desde segunda-feira ele estava em estado crítico, mas estamos sempre à espera que um milagre possa suceder. Apesar de ser sempre difícil aceitar. Agora é necessário guardar as melhores memórias, e no caso dele guardamos uma pessoa que era guerreira, porém também com um grande lado emocional e que nunca passava despercebido para o bem e para o mal, felizmente que era quase sempre para o bem".

Uma morte que "gera muita confusão, até pela pela forma como ele partiu". O timoneiro da equipa das Quinas relembrou uma pessoa que "espalhava vida todos os dias".

"Era uma pessoa contagiante, sempre a dançar, sempre a cantar, e com uma forma de estar que era pura vida. Nunca ninguém está preparado para isto. Nós temos de ultrapassar esta dificuldade para encarar este desafio, porque sofremos a pior derrota de sempre. Agora importa levantarmo-nos, não sabemos é quando, porque cada um tem o seu ritmo. Temos de lutar contra tudo isto e ficar com boas as memórias".

E uma dessas memórias remonta ao Mundial do Egito que aconteceu no início deste ano: "Nós agora no Mundial estávamos a fazer séries de trabalho de treino intermitente de corrida e houve um atleta que me perguntou quantas repetições faltavam, e eu, na altura, como não gostei muito da pergunta, respondi: ‘Devias era perguntar quantos dias faltam para seres campeão’. E o Quintana a partir desse dia começou a perguntar: ‘Quantos dias faltam para sermos campeões?'. Esta é uma pequena história que revela o seu lado mais competitivo e mais guerreiro. Ele praticamente todos os dias perguntava isso no estágio, porque ele acreditava que podíamos sempre chegar mais longe".

Leia Também: FC Porto retira o número 1 das camisolas de andebol

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório