Meteorologia

  • 07 MARçO 2021
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Socidedade Santos-Mendes causou pesadelos: As notas do Boavista-Sporting

Nuno Santos e Nuno Mendes fizeram do corredor esquerdo um verdadeiro parque de diversões. Angel Gomes 'desapareceu'.

Socidedade Santos-Mendes causou pesadelos: As notas do Boavista-Sporting

O Sporting venceu e convenceu na visita ao Boavista (2-0), em jogo disputado na noite de terça-feira. Os leões dominaram o encontro no Bessa, consolidaram a liderança isolada e deixaram uma dose extra de pressão no rival Benfica, adversário da próxima jornada. 

Nuno Santos abriu a contagem aos 22 minutos e Pedro Porro sentenciou a partida aos 77', mas os protagonistas não se ficam por aqui. Vamos a eles. 

A figura 

Nuno Santos carregou o Sporting na primeira metade e foi um constante quebra-cabeças para a defesa do Boavista. Nunca deu descanso a Cannon e companhia, marcou o primeiro golo da partida num lance de pleno oportunismo e ainda conseguiu fazer uma assistência brilhante para Sporar que, escandalosamente, não transformou em golo de baliza aberta. 

Saiu na segunda parte, aos 76 minutos, já desgastado perante tamanha intensidade que conseguiu meter no jogo. A melhor unidade do Sporting no Bessa

A surpresa 

Nuno Mendes também esteve em noite inspirada e bem se pode dizer que voltou às melhores exibições. O lateral português atuou no corredor esquerdo, o mesmo por onde andou Nuno Santos, e foi um perigo à solta com os vários cruzamentos que conseguiu soltar e que causaram calafrios à defensiva axadrezada

Na primeira parte ainda ofereceu um golo a Sporar, que assinou outro desperdício, e foi mesmo ele quem assistiu Nuno Santos para o primeiro golo do encontro. Parece estar a voltar à melhor forma e o Sporting só pode agradecer. 

A desilusão 

Angel Gomes é o nome de maior relevo no Boavista mas o jovem inglês pouco ou nada fez diante do Sporting. Perante aquele trio defensivo dos leões, Angel Gomes teve dificuldades em pegar na bola e nunca se conseguiu soltar da forte marcação nem conseguiu criar lances de perigo. Ainda tentou visar a baliza de Adán na cobrança de dois livres diretos, mas estava em noite de pouco acerto. Passou ao lado do jogo. 

Jesualdo Ferreira 

O experiente treinador português continua sem ganhar ao serviço do Boavista, mas apenas se pode queixar de ter dado uma parte de avanço ao adversário. Nos primeiros 45 minutos, o conjunto axadrezado posicionou-se em campo demasiado recuado e mostrou poucos argumentos ofensivos. Na segunda metade, mexeu, conseguiu dar qualidade ao meio-campo e o Boavista, aí sim, conseguiu ser uma equipa capaz de incomodar Adán. No melhor período apareceu Porro com um golaço que deitou tudo abaixo. 

Rúben Amorim 

Depois de conquistar a Taça da Liga, o treinador leonino centrou baterias na visita ao Bessa e o Sporting passou neste difícil teste com distinção. Na primeira parte, os leões dominaram por completo todas as ações do jogo e na segunda acabaram por acusar o cansaço. Ainda assim, e até pode ser a tal estrelinha, na altura de maior aperto eis que surgiu Porro a marcar o golo da tranquilidade. 

O árbitro 

Fábio Veríssimo teve uma noite trabalhosa. Anulou o golo de Nuno Santos, por indicação do auxiliar, mas reverteu a decisão após ouvir o VAR. Manteve um critério largo ao longo da partida, mas deu um cartão amarelo a João Palhinha pouco depois do médio do Sporting ter entrado em campo. O lance poderia ser perigoso, mas a decisão de Veríssimo peca por zelo excessivo. Palhinha ficou inconsolável. A explicação é simples: quinto amarelo no campeonato significa falhar o próximo jogo...  diante do Benfica. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório