Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2021
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

Benfica - Não perca os últimos golos e lances polémicos

Mais vídeos

"FC Porto melhor? Clássico é Clássico. Tudo muda"

Jorge Jesus acredita que as equipas chegam "em pé de igualdade" à partida do Dragão.

"FC Porto melhor? Clássico é Clássico. Tudo muda"

Jorge Jesus recusou, esta quinta-feira, entregar o favoritismo do Clássico ao FC Porto. Em conferência de imprensa, o treinador do Benfica disse acreditar que ambas as equipas estão "em pé de igualdade", e enalteceu a evolução dos jogadores desde a derrota na Supertaça.

Pouco tempo de descanso: Tem as mesmas consequências que tem no nosso adversário, que também teve pouco tempo para preparar o jogo. Estamos em pé de igualdade. Demos importância na recuperação da equipa com algum trabalho ativo e técnico-tático, mas sem poder prepará-la numa intensidade que gostaria, e o Sérgio também. Estamos preparados para encontrar um adversário que, normalmente, é forte no Dragão. O Benfica está preparado para essas dificuldades e tem que dar resposta com qualidade, uma boa organização e a tentar disputar todos os momentos para ser melhor e sair de lá com os três pontos, que é o nosso grande objetivo.

FC Porto chega melhor do que o Benfica: Pela Supertaça, sim, mas leva quase tantos jogos sem perder quanto o Benfica. O resto está em pé de igualdade. Clássico é Clássico, não tem muito a ver com o momento das equipas. Tudo muda. O importante é que o Benfica faça um bom jogo e saia do Dragão com uma vitória. É esse o nosso pensamento.

Benfica ainda não está ao melhor nível: Nos treinos, não temos muito tempo para interagir com a equipa no sentido de colocar nos jogadores uma ideia. Nestes últimos jogos, a equipa tem dado alguns sinais de recuperação, também fruto do facto de ter mais opções. O único jogador que temos lesionado é o André [Almeida]. Tenho muito mais opções para o jogo, e, nesse sentido, a equipa está muito melhor do que há umas semanas.

Influência da derrota na Supertaça: Serve como aviso para as duas equipas. Sabemos os momentos de jogo em que não estivemos tão bem e temos de corrigir. Agora, se pode ter alguma influência... Não, é uma competição diferente e já passaram alguns dias. Esse jogo não tem nada a ver com o de amanhã.

Pode ficar a sete pontos do Sporting se perder: É um problema dos dois, tanto o FC Porto como o Benfica têm os mesmos pontos. Para nós, é preferível estar a dois ou três pontos do que a cinco ou seis. São situações recuperáveis, ainda por cima não tendo jogado com o nosso rival. Estamos a colocar 'ses'... Não sei.

Sérgio Conceição disse que seria fácil adivinhar o 'onze' do Benfica: É verdade que aquilo que penso do FC Porto não foge muito, apesar de, num dia, muita coisa mudar com o problema da Covid-19. Não há muito para enganar.

Lucas Veríssimo contra Abel Ferreira na final da Libertadores: Que eu saiba, ele ainda não é jogador do Benfica. Ter o Abel na final não é nada de novo. Antes de ele eliminar o River, disse-lhe que gostava de ter outro português no Maracanã, já que eu não posso lá estar.

Reconciliação com os adeptos: As vitórias é que moralizam, especialmente os adeptos. Por vezes, não ganhamos, mas estamos confiantes porque sabemos que os passos que damos são recuperáveis. Os adeptos vivem mais em função do resultado. Uma vitória garante um conforto muito maior a qualquer uma das duas equipas.

Benfica superior no Dragão em relação à Supertaça: Não garanto que esteja a um nível superior. Agora, pelo tempo que já passou, pelos dias em que temos treinado, garante. Houve mais tempo para treinar, houve identificação de ideias, e, daí, acredito que estamos melhor do que nessa altura. Fizemos um trabalho muito mais conjunto em relação às ideias da equipa. As duas equipas estão em pé de igualdade, não há vantagem para ninguém.

Análise à Supertaça: Como é óbvio, vi mais o meu jogo neste interregno. Estavam em disputa as duas equipas que vão jogar. Não observei mais nenhum jogo sem ser o da final. Dá sempre para tirar conclusões e tentar não cometer alguns erros que cometemos.

Otávio em dúvida: Na minha estratégia de jogo, não vai mudar nada. Se tem alguma influência no jogo, pode ter na estratégia do FC Porto, que tem alguma dinâmica com os posicionamentos de Otávio. Mas não é por ele jogar ou não jogar que o Benfica irá mudar alguma coisa.

Erros cometidos na Supertaça: Houve erros do ponto de vista do que o jogo ditou, não do ponto de vista técnico-tático. Uma vezes, o Benfica teve vantagem, e noutros não a teve. O meu trabalho é analisar e tentar passar uma ideia do que aconteceu com mais pormenor e certeza.

O que pode decidir o Clássico: O que faz a diferença dos jogos é a qualidade de quem joga melhor. Quando tem bola, se a equipa não for defensivamente organizada, isso só não chega. O que também pode fazer a diferença são algumas jogadas individuais, porque há jogadores que podem criar aquele espaços que as equipas, coletivamente, não conseguem. Desse ponto de vista, espero bem que os jogadores do Benfica possam ser criativos para fazer a diferença que podem fazer.

Antevisão

FC Porto e Benfica medem, esta sexta-feira, forças no estádio do Dragão, naquele que é o mais aguardado encontro da 14.ª jornada do campeonato português.

Antes disso, esta quinta-feira, Jorge Jesus passa pela sala de imprensa do complexo do Seixal, onde irá antever o Clássico com os azuis e brancos.

Fique com o Desporto ao Minuto e acompanhe, a partir das 14h (hora de Portugal Continental), a conferência de imprensa do treinador do conjunto encarnado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório