Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2021
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Com Darwin a música é outra: As notas do Benfica-Lech

Avançado uruguaio regressou depois de ter estado infetado pelo novo coronavírus e ajudou as águias a garantirem a passagem aos 16-avos de final da Liga Europa.

Com Darwin a música é outra: As notas do Benfica-Lech

O Benfica voltou às goleadas e às noites tranquilas na quinta-feira. As águias garantiram o acesso aos 16-avos de final da Liga Europa depois de golearam o Lech Poznán (4-0), em jogo da 5.ª jornada da fase de grupos. 

Numa noite em que os polacos apresentaram um onze recheado de jogadores que normalmente são suplentes, os comandados de JJ não deslumbraram, mas assinaram uma exibição sólida defensivamente e competente ofensivamente

Vertonghen, Darwin Núñez, Pizzi e Weigl foram os marcadores de serviço. Vamos, por isso, aos protagonistas. 

A figura 

Darwin regressou e precisou de 57 minutos para marcar. O ataque do Benfica ganha outra dimensão com o jovem uruguaio presente. As águias tornam-se mais imprevisíveis e... eficazes. Marcou o golo que matou o jogo e saiu pouco depois com JJ já a pensar no próximo jogo. É caso para dizer: é Darwin e mais dez diante do Paços de Ferreira. 

A surpresa 

Vertonghen estreou-se a marcar numa noite em que o Benfica pouco sofreu no momento defensivo, algo raramente visto nesta época. Conseguiu, assim, provar que é muito mais que um mero defesa e que também nas bolas paradas pode ajudar o Benfica a desbloquear alguns jogos como o de ontem. Serve para ganhar confiança e moral. 

A desilusão 

Mais um jogo, mais uma exibição pouco entusiasmante de Gilberto. O lateral direito continua a ser aposta recorrente de Jorge Jesus na ausência de André Almeida, mas tarda em mostrar argumentos que expliquem a opção de JJ. Não teve grande trabalho a nível defensivo e nem por isso conseguiu acrescentar algo mais em termos ofensivos. 

Jorge Jesus 

Tinha avisado que não iria fazer grandes poupanças e o Benfica apresentou-se quase na máxima força. Assegurou um dos objetivos da temporada e a equipa assinou uma exibição longe de ser brilhante mas sem sobressaltos. 

Dariusz Żuraw

O treinador do Lech tinha garantido que o campeonato polaco era a prioridade e o onze apresentado na Luz é prova disso mesmo. Apesar de jogar com os habituais suplentes, o Lech ainda conseguiu criar alguns problemas nos primeiros 20 minutos, mas tudo desabou com o golo de Vertonghen aos 35 minutos.  

O árbitro 

Srdjan Jovanović teve uma noite bastante tranquila na Luz. O jogo não foi palco de grandes incidências e o árbitro sérvio conseguiu manter os jogadores controlados a nível disciplinar. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório