Meteorologia

  • 23 NOVEMBRO 2020
Tempo
18º
MIN 10º MÁX 18º

Edição

Vieira sobre os processos judiciais: "Vou sair pela porta grande"

Presidente do Benfica garante que não moveu "influências nenhumas".

Vieira sobre os processos judiciais: "Vou sair pela porta grande"

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, concedeu uma grande entrevista à rádio TSF onde passou em revista alguns temas da atualidade do clube da Luz, nomeadamente os casos judiciais em que está envolvido, assim como os encarnados.

O dirigente disse estar bastante tranquilo relativamente aos processos judiciais, deixando entender que não será condenado em qualquer processo.

"Ser presidente do Benfica já origina muitas invejas e ter a obra feita ainda pior é. Agora, a única coisa que posso garantir é que vou para casa e durmo descansado sobre isso. Processos são processos, não é a comunicação social, seja quem for que me esteja a julgar. Estou convencido que vou sair pela porta grande em qualquer um os processos em que estou acusado. O que lhe posso dizer é que no caso da Operação Lex, o que eu fiz é o que o senhor faria de certeza", começou por dizer Luís Filipe Vieira.

"Na altura própria vai-se saber. Não movi influências nenhumas. Como é que posso mover influências a alguém se é o Estado que me deve o dinheiro? Aquilo que podia ter sido resolvido em 30 dias, foi resolvido passado nove anos", vincou.

Questionado sobre Rui Rangel, arguido na Operação Lex, Vieira garante que não lhe foi prometido qualquer cargo no Benfica.

"Então se o Benfica não vai fazer nenhuma universidade como é que podia prometer um cargo? Aquilo que o Benfica vai fazer é um colégio, até ao 12º ano. Rui Rangel não tinha nenhum papel prometido nesse colégio, nem me passava pela cabeça. Temos um parceiro e, inclusive, já estão definidas as percentagens, estamos à espera da aprovação do projeto, penso que vai ser para breve, quando for aprovado vai-se tornar no colégio do Benfica, numa primeira fase para 650 alunos", respondeu, antes de falar sobre Paulo Gonçalves.

"O Paulo Gonçalves não tem mais negócios com o Benfica. Continuamos a ser amigos. Vai ser julgado, mas, daquilo que eu sei, o Paulo não vai sofrer nada de especial", finalizou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório