Meteorologia

  • 22 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Elevado salário de Ferreyra inviabiliza saída para o Grémio

Emblema brasileiro não quer suportar a totalidade do ordenado do avançado argentino.

Elevado salário de Ferreyra inviabiliza saída para o Grémio

Facundo Ferreyra continua a ser a maior dor de cabeça para a SAD do Benfica. O avançado argentino está fora das contas de Jorge Jesus, tal como o próprio treinador confirmou em conferência de imprensa, mas a saída para o Grémio, clube que havia demonstrado recentemente interesse na sua contratação, complicou-se devido ao elevado salário auferido por Ferreyra

A informação está a ser avançada pelo jornal Record, na edição deste domingo, que garante que o emblema não tem possibilidades financeiras para pagar nem metade do ordenado anual de Ferreyra, avaliado em quatro milhões de euros brutos, e o Benfica também não quer pagar um único euro deste valor. 

Assim sendo, a possibilidade de Ferreyra sair ainda nesta janela de transferências, aberta apenas em alguns países, parece ter caído e o avançado argentino deverá ficar na Luz até janeiro... sem jogar. 

O Record adianta ainda que Ferreyra não aceitou baixar o salário para viabilizar a saída para o Grémio. O Benfica até estaria disposto a não cobrar qualquer taxa de empréstimo ao emblema brasileiro. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório