Meteorologia

  • 29 OUTUBRO 2020
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 19º

Edição

Jorge Jesus: A situação de Florentino, o mercado e uma questão à DGS

Treinador das águias fez a antevisão ao jogo com o Moreirense.

Jorge Jesus: A situação de Florentino, o mercado e uma questão à DGS

Jorge Jesus esteve, esta sexta-feira, em conferência de imprensa para fazer a antevisão ao jogo com o Moreirense, agendado para amanhã e referente à 2.ª jornada da I Liga. 

Adeptos nos camarote: "Vejo isso de coração aberto e que isso seja uma possibilidade em todo o mundo e em Portugal. Com todo o respeito pela DGS, não entendo porque não há adeptos no futebol. O futebol tem de ser exemplo do quê? É diferente de estar no cinema, no teatro, no Avante? Ainda bem, fiquei todo feliz por haver a festa do Avante. Quem consegue ter um controlo da situação como qualquer clube em Portugal pode fazer em função da lotação do estádio. Temos o exemplo da Supertaça europeia, que teve 20 mil pessoas. Não entendo como na Luz não podem estar 15 ou 20 mil, ou no Dragão. Os políticos colocam sempre uma máscara para o futebol. No mundo, o futebol foi a atividade profissional que melhor soube conviver com o vírus. Temos que viver com ele. Primeiro temos de testar, que é isso que a gente não faz. Nem toda a gente pode ser testada. Temos de saber testar, saber prevenir e saber isolar. Ou então vamos todos para casa e ficamos todos malucos! Temos que ser realistas e tirar a máscara! Sabemos que a Covid-19 não tem cura, mas sabemos como devemos agir. Aqui ainda andamos a inventar."

Benfica em esquema de três defesas: "Sim, podemos ver o Benfica jogar assim em alguns jogos. Aliás, se vocês acompanharam a minha carreira como treinador, os meus primeiros 10 anos foi a jogar com três centrais."

Saída de Rúben Dias?: "Não há jogadores indiscutíveis. Quer dizer, há o Messi, o Ronaldo... Esses são de outra galáxia. Mas há jogadores importantes e o Rúben Dias é dele. É um dos titulares da equipa feito no Seixal, é o único internacional português que joga a titular do Benfica... Isto quer dizer alguma coisa. Uma equipa como o Benfica com o único titular na seleção. Isto quer dizer alguma coisa... É um miúdo tem muito valor e é importante naquele setor porque neste momento só temos três centrais porque o Jardel está lesionado. Neste momento é imprescindível, mas também fui habituado, nos anos em que estive no Benfica, que os melhores fossem contratados. Se começar pelo Rúben Dias.... Se eu gostava? Não. Mas se o fator financeiro foi importante? Ok, estamos abertos a isso."

Adeptos: "A pressão da exigência é boa. Querer fazer mais golos, ganhar... É uma pressão que te dá sinais de qualidade. Só exiges pela positiva quem tem qualidade. Este clube cresceu muito e dá todas as condições de trabalho. Tens sempre que ser melhor que o adversário, seja qual for. Vamos com sete semanas de trabalho e temos a certeza que a equipa tem muito por onde crescer."

Moreirense: "É uma equipa bem organizada que, como é óbvio, vai-nos obrigar a jogar dentro do meio-campo deles. Vai esperar por um contra golpe e de uma bola parada. Estamos preparados para todas as nuances que o jogo tiver. É isso que eu preparo. De certeza que vamos estar preparados. Vamos encontrar dificuldades." 

Quem vai substituir Taarabt: "Há várias hipóteses. O Pizzi fez dois anos comigo a jogar como segundo médio e neste momento tem treinado neste posição. Ele joga em três posições, mas eu acho que ele é jogador de corredor central. Tenho também o Chiquinho, que está a trabalhar comigo nessa posição e não é uma posição que ele desconheça. Aliás, no Benfica é que ele jogou como segundo avançado. Nas outras equipas jogou sempre como segundo médio. Estou tranquilo por isso é que libertei o Florentino para poder crescer." 

Gonçalo Ramos: "O projeto que eu tenho para o Gonçalo Ramos... Os jogadores da cantera do Seixal... O Gonçalo Ramos tem um projeto com o Benfica que é treinar comigo durante a semana e sempre que não seja convocado vai jogar na equipa B porque não pode, nem deve, estar sem jogar. Quando for preciso estar com a equipa principal vai estar, quando não for vai jogar na equipa B. Durante a semana vai estar connosco, não havendo jogos durante a semana. Sendo a jornada domingo a domingo, ele treina comigo e vai jogar na equipa B se tiver de jogar." 

Eleições: "Estou aqui para falar de futebol. É esse tema que eu estou interessado em discutir. Isso são problemas políticos do clube. É uma situação da qual não tenho falar."

Mais reforços?: "Reparem, desde que cheguei fui bem explícito nos jogadores que era importante chegarem para reforçar: dois centrais e dois pontas de lança. Não estou a dizer que vão vir. Um central é uma das possibilidades que eu sempre pedi e o outro avançado, se não aparecerem estes dois, melhores do que estão aqui, não vai entrar mais ninguém. Ponto final."

Florentino: "O Florentino é um dos jovens do Seixal que eu acredito que tem todas as condições para poder ser um dos jogadores mais efetivos da equipa. Tem várias qualidades: talento, inteligente. Precisa de jogar. Já esteve um ano e meio sem jogar e não é um jogador que possa jogar na equipa B. Temos Weigl, Samaris, Gabriel. Ele já me tinha pedido para sair porque queria jogar. Na primeira abordagem dele eu não fui muito dessa opinião e disse-lhe que não. Nas outras que ele falou comigo e apresentou-me alguns argumentos, entre os quais financeiros, percebi para ele que era importante para ele porque ia ganhar muito mais do que ganha no Benfica. Tenho a certeza que ele vai voltar muito mais jogador e eu pedi ao presidente para que ele volte ao Benfica e que o Monaco não tenha possibilidade de o contratar. Foi ele que me pediu muito e achei que era capaz de ter alguma razão. Vai voltar mais jogador do que saiu." 

Desentendimento com Weigl: "Não percebo de onde vem essa notícia, nem me interesse saber. O que interessa é que não se passa nada com ele nem com outro jogador. Podia ter acontecido alguma divergência entre mim e os jogadores, mas não foi o que aconteceu. Ele ainda nem percebe muito bem português para entender muitas das coisas que eu quero que ele perceba. É uma notícia falsa. Não há nada. E se houvesse, não haveria problema nenhum. Estou aqui para assumir as minhas ideias e para exigir o compromisso da equipa. Quando tiver de bater com algum jogador, bato! Mas não foi o caso." 

O que está por afinar: "A equipa vai crescer semana a semana pela qualidade dos jogadores e do trabalho. Há muitos momentos de jogo que ainda não fazemos bem. Ainda não temos as ideias coletivas defensivas. Ofensivamente, a equipa tem vindo a melhorar, mais do que na parte defensiva. Uma semana inteira de trabalho revela-se mais eficaz para trabalhar nestes setores. A última linha (defensiva) tem vindo a melhorar muito." 

Taarabt: "O Adel não vai ter tempo para recuperar para o jogo. Está fora do jogo contra o Moreirense."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório