Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2020
Tempo
21º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

"Havia um sentimento de salvação nacional para que o Benfica ganhasse"

Presidente do FC Porto deixou farpas ao rival depois de vencer a Taça de Portugal.

"Havia um sentimento de salvação nacional para que o Benfica ganhasse"

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, falou ao Porto Canal este domingo, durante a entrega da Taça de Portugal ao museu do clube, e deixou farpas aos rivais, após uma época de conquistas da Invicta.

Plantel para a história: Um plantel que consegue a dobradinha tem que ficar na história do clube. O mérito e o significado é diferente quando se ganha uma final a um Benfica, a um Sporting ou a um Braga. Esta teve um sabor especial.

Ganhar uma Taça de Portugal diante do Benfica: Ganhar ao Benfica tem um significado especial, como ganhar ao Sporting. Da mesma forma que para o Benfica terá um significado especial ganhar ao FC Porto,, agora não sei, mas antigamente ganhar ao Sporting também tinha significado para o Benfica. São sempre jogos diferentes.

Final a jogar com 10 jogadores: "Foi uma hora a jogar com essa limitação. Foi muito difícil. Já era difícil porque as armas estavam apontadas contra nós. Havia um sentimento de salvação nacional para que o Benfica ganhasse alguma coisa, mas a nossa equipa, mesmo com 10, mostrou que esta época foi imbatível. Tanto fez que o jogo fosse no Porto, em Lisboa ou no Coimbra. Tanto fez que fosse com 10 ou com 11. Tanto fez que fosse com ou sem Covid-19. Vencemos categoricamente. Foram vitórias justas no campeonato e na Taça. Não se pode tirar mérito ao Benfica porque mesmo não tendo jogado bem e não tendo sabido aproveitar a oportunidade de jogar contra 10 jogadores, foi um digno vencido. Aplicou-se seriamente e tentou ganhar. Teve desportivismo no final. Não penso que tenha sido uma derrota vergonhosa. Não vamos agora que o Benfica foi um derrotado. Os grandes derrotados desta época, mais do que o Benfica, foram alguns jornalistas, alguns comentadores, alguns OCS, que tudo fizeram para que o FC Porto não vencesse. Houve um inteligente lá do bairro que em janeiro já estava a prever que o Benfica viria ao Dragão viria dar o xeque-mate ao FC Porto. Afirmou até que o Benfica era grande demais para jogar em Portugal e no fim essa equipa que esse papagaio dizia que era grande demais para jogar em Portugal não ganhou nada. O Benfica perdeu, soube perder e perdeu com dignidade. Os grandes derrotados são esses falsos moralistas e falsos independentes que esgotaram o Rennie aqui no Porto."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório