Meteorologia

  • 23 OUTUBRO 2020
Tempo
20º
MIN 11º MÁX 20º

Edição

Ameaçado e insultado, Lucescu deixa Dínamo 4 dias após ser contratado

Treinador defende que é "impossível trabalhar num ambiente de hostilidade, especialmente vindo de um grupo de ultras".

Ameaçado e insultado, Lucescu deixa Dínamo 4 dias após ser contratado

O impensável aconteceu no Dínamo Kiev. Mircea Lucescu, que foi oficialmente anunciado como novo treinador do conjunto ucraniano, apresentou, esta segunda-feira, a demissão no seguimento das ameaças de que foi alvo pelos próprios adeptos.

A massa associativa não esqueceu o longo passado do técnico no Shakhtar Donetsk - equipa agora orientada pelo português Luís Castro - e, desde bem cedo, pressionaram o responsável de 74 anos a abandonar o cargo, tendo este acabado por ceder.

A decisão foi anunciada através de um comunicado ao jornal romeno GSP: "Infelizmente, decidi abdicar da possível colaboração com o Dínamo Kiev. Agradeço à família Surkis pela confiança e pelo convite, mas é-me impossível trabalhar num ambiente de hostilidade, especialmente vindo de um grupo de ultras".

"Nunca fui um cobarde, aceitei grandes desafios desportivos, como comprovam as saídas de Galatasaray para Besiktas, ou de Dínamo Bucareste para Rapid Bucareste, com uma grande rivalidade entre adeptos, mas justa, que me recebeu com confiança e de braços abertos, e com quem consegui conquistar títulos", prosseguiu.

"Não posso aceitar que os meus próprios adeptos ajam contra os interesses do clube. Pensei que seria altura de uma mudança que provocasse entusiasmo, motivação e trouxesse a equipa de volta ao nível que a tradição e história deste clube exige. A minha chegada nada tem a ver com o valor do contrato. O dinheiro foi a minha última preoupação", assegurou.

"Queria regressar ao futebol, na Ucrânia, onde vivi tanta satisfação, para reentrar naquela entusiasmante atmosfera e da incerteza que é o futebol. Fi-lo com entusiasmo e total confiança no potencial dos jovens jogadores ucranianos, muitos deles membros da seleção. Queria uma competição como a que era há anos, que agitasse as bancadas. A Ucrânia merece-o", completou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório