Meteorologia

  • 25 MAIO 2020
Tempo
18º
MIN 18º MÁX 30º

Edição

Gelo proibido e 300 pessoas no estádio: As novas regras da Serie A

Governo e entidades desportivas vão reunir-se na próxima semana para decidir de que forma é possível reatar as competições em Itália.

Gelo proibido e 300 pessoas no estádio: As novas regras da Serie A

A Serie A, tal como outros campeonatos europeus, está a dar passos para o regresso aos relvados e esta quinta-feira é noticiado em Itália o documento que servirá de base para discussão entre entidades governativas e clubes decidirem os moldes do regresso do futebol.

Segundo a agência Agipronews, no documento de 36 páginas a que tiveram acesso, há regras simples como a impossibilidade de protestar com os árbitros e outras mais complexas como a proibição de uso de gelo para as lesões dos atletas. 

"Os jogadores estão proibidos de protestar com os árbitros ou delegados ao jogo e têm de manter sempre, em qualquer circunstância, uma distância de pelo menos um metro e meio", sinaliza o documento.

Mas há mais. Para além desta 'norma', os jogadores da casa devem dirigir-se para o estádio do encontro que irão disputar em viatura própria, enquanto o autocarro que transporta os visitantes deve ser desinfetado antes da partida para o local do jogo e antes do seu regresso à proveniência. 

Com uma lotação máxima por jogo de 300 pessoas por partida, as regras impõe ainda que a fotografia de grupo normalmente tirada antes do apito inicial seja posta de parte, bem como os acompanhantes de jogadores e mascotes dos clubes. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório