Meteorologia

  • 01 JUNHO 2020
Tempo
23º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Há 12 anos, Cristiano Ronaldo ficava entre a agonia e a festa em Moscovo

Internacional português marcou e falhou uma grande penalidade no triunfo sobre o Chelsea que culminaria na conquista da Liga dos Campeões.

Completam-se, esta quinta-feira, 12 anos desde a inesquecível final da Liga dos Campeões de Moscovo, na qual o Manchester United bateu o Chelsea no desempate por grandes penalidades.

Cristiano Ronaldo foi uma das figuras da partida, não só por marcar o golo que quebrou o nulo, como também ao ver Petr Cech negar-lhe um tento a partir da marca dos 11 metros.

Carregue na imagem acima e recorde este jogo de 'loucos'.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório