Meteorologia

  • 01 ABRIL 2020
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 14º

Edição

Promessa de Vieira dá que pensar: Águia não voa na Europa desde Jesus

Presidente encarnado apontou à final da Liga dos Campeões, mas a prestação do Benfica nas competições europeias registou declínio com Rui Vitória e Bruno Lage.

Promessa de Vieira dá que pensar: Águia não voa na Europa desde Jesus

Ao cair da Liga Europa nos 16 avos de final, já depois de ter sido eliminado na fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica assinou uma das prestações mais pobres nas competições europeias nos últimos largos anos.

As águias foram eliminadas pelo Shakhtar Donetsk numa fase bastante precoce da prova e fizeram com que a contestação ao presidente, Luís Filipe Vieira, subisse de tom.

A promessa de Vieira

Afinal, o líder encarnado já demonstrou, em mais do que uma ocasião, a ambição de elevar o Benfica a um patamar que levasse o clube a disputar a final da Liga dos Campeões; numa entrevista concedida à TVI, em setembro do ano passado, Vieira afirmou: "Aquilo que podemos sonhar e é um objetivo que temos, é chegar a uma final da Liga dos Campeões. Vamos ter essa equipa para lutar".

Antes, em 2018, Vieira já havia garantido que não sairia do Benfica "sem ser campeão europeu": "Não sairei do Benfica sem ser campeão europeu. O título europeu tem de ser uma realidade para nós. Queremos ser campeões europeus".

A realidade, porém, difere bastante das ousadas palavras proferidas pelo presidente do Benfica, que, nos últimos anos, tem desiludido nas competições da UEFA: desde a saída de Jorge Jesus, que trocou as águias pelo Sporting no verão de 2015, que o Benfica não apresenta regularidade de resultados na Europa, deixando a desejar em quase todas suas participações, tanto na Champions, como na Liga Europa.

Do bom rendimento europeu com Jesus...

Com o atual técnico do Flamengo, que esteve seis temporadas na Luz, o Benfica conseguiu, maioritariamente, resultados satisfatórios nas competições europeias. Logo na sua época de estreia, em 2009/2010, Jesus levou os encarnados aos quartos de final da Liga Europa, tendo alcançado os 'quartos' da Champions dois anos depois - caiu apenas aos pés do Chelsea, que viria a conquistar a competição.

Seguiram-se duas finais da Liga Europa - primeiro, diante Chelsea, e, no ano seguinte, frente ao Sevilla -, embora o Benfica tenha acabado por perder ambas.

Jesus, porém, despediu-se do Benfica com a sua pior prestação europeia desde a chegada à Luz, depois de ter ficado no quarto e último lugar do seu grupo da Liga dos Campeões em 2014/15, atrás de Monaco, Bayer Leverkusen e Zenit.

... ao descalabro desde a chegada de Rui Vitória

A saída de Jorge Jesus só não marcou um claro 'antes e depois' do Benfica nas competições europeias devido ao rendimento da equipa na época de estreia de Rui Vitória - em 2015/16, os encarnados chegaram novamente aos quartos de final da Champions, tendo sido eliminados pelo Bayern Munique, numa eliminatória bastante disputada.

A partir daí, contudo, a prestação do Benfica na Europa começou a ganhar contornos extremamente negativos. Em 2016/17, os pupilos de Rui Vitória caíram aos pés do Borussia Dortmund, nos oitavos de final da Champions, e, na temporada seguinte, registaram a sua pior prestação de sempre na maior prova de clubes da UEFA, ao não somarem qualquer ponto num grupo composto por Manchester United, Basel e CSKA Moscovo.

Na época passada, ainda com Rui Vitória ao leme, o Benfica voltou a vacilar na fase de grupos da Liga dos Campeões, tendo, no entanto, assegurado o terceiro posto do grupo, que lhe valeu o apuramento para a Liga Europa, na qual chegou aos quartos de final - já com Bruno Lage no cargo de treinador, os encarnados foram eliminados pelo Eintracht Frankfurt e disseram adeus à Europa.

Foi, no entanto, na presente temporada que o descalabro europeu do Benfica conheceu o seu apogeu. Depois de não somar qualquer ponto na primeira volta da fase de grupos da Liga dos Campeões, as águias conseguiram assegurar o terceiro lugar do grupo e o respetivo apuramento para os 16 avos de final da Liga Europa, mas não foram capazes de eliminar o Shakhtar Donetsk, tendo ficado pelo caminho numa fase bastante precoce da competição - pelo menos, tendo em conta as aspirações do clube, que se foram tornando públicas pela voz do seu presidente.

Prestação do Benfica nas competições europeias desde a contratação de Jorge Jesus:

TemporadaPrestação nas competições europeiasTreinador
2009/10Quartos de final da Liga EuropaJorge Jesus
2010/11Fase de grupos da Champions / Meias-finais da Liga EuropaJorge Jesus
2011/12Quartos de final da ChampionsJorge Jesus
2012/13Fase de grupos da Champions / Final da Liga EuropaJorge Jesus
2013/14Fase de grupos da Champions / Final da Liga EuropaJorge Jesus
2014/15Fase de grupos da ChampionsJorge Jesus
2015/16Quartos de final da ChampionsRui Vitória
2016/17Oitavos de final da ChampionsRui Vitória
2017/18Fase de grupos da ChampionsRui Vitória
2018/19Fase de grupos da Champions / Quartos de final da Liga EuropaRui Vitória / Bruno Lage
2019/20Fase de grupos da Champions / 16 avos de final da Liga EuropaBruno Lage

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório