Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Águias sofreram quase um terço dos golos nos últimos seis jogos

'Descalabro' defensivo das águias continua a dar que falar, ainda que Odysseas assine um bom momento individual.

Águias sofreram quase um terço dos golos nos últimos seis jogos

A recente série de maus resultados do Benfica também motiva outros registos negativos, nomeadamente ao nível defensivo. Há quatro jogos sem conhecer o sabor da vitória, a equipa de Bruno Lage tem sido bastante permeável na hora de defender e os números não mentem. De um total de 35 golos sofridos ao longo da presente temporada, 11 deles foram consentidos nos últimos seis jogos. 

Ou seja, cerca de 31% dos golos sofridos pelo Benfica em 2019/20, aconteceram nos últimos seis encontros, o que equivale a quase um terço. Mas há mais: em 55% dos 38 jogos oficiais as águias sofreram golos. 

No entanto, por outro lado, o registo defensivo no campeonato melhorou face à última temporada. Com a 21.ª jornada encerrada, o Benfica tem apenas 12 golos sofridos, menos oito em relação à última época na mesma ronda do campeonato.  

É mesmo na Europa que o Benfica revela ser mais frágil na defesa e até ao momento acumula um saldo de 13 golos sofridos, entre a fase de grupos da Liga dos Campeões e a 1.ª mão dos 16 avos de final da Liga Europa. O registo é negativo uma vez que em termos de golos marcados, o Benfica apenas marcou 11 durante nas provas europeias. 

AdversárioResultadoCompetição
Shakhtar 1-2Liga Europa
Sp. Braga0-1I Liga
Famalicão1-1Taça de Portugal
FC Porto2-3I Liga
Famalicão3-2Taça de Portugal
Belenenses SAD3-2I Liga

Odysseas herói, centrais nem tanto 

Quando uma equipa sofre golos facilmente se culpa a defesa. No entanto, o futebol é um desporto coletivo e sempre que um tento é consentido é um sinal claro de que a equipa falhou. Ainda assim, há erros individuais que custam golos e, em alguns casos, vitórias e pontos. Ferro tem sido o rosto em maior evidência pelos piores motivos, mas não é o único. Rúben Dias também tem estado abaixo do nível exibicional que já apresentou ao serviço do clube da Luz e ficou mesmo diretamente ligado ao segundo golo do Shakhtar na Ucrânia

Por seu turno, Odysseas Vlachodimos tem impressionado pela positiva, ainda que as águias atravessem um período sensível. Em Kharkiv foi evitando que o Benfica sofresse mais golos, tal como já havia feito em Famalicão. Em ambas as partidas o guardião grego foi apontado, pela grande maioria da imprensa, como o melhor jogador em campo. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório