Meteorologia

  • 17 FEVEREIRO 2020
Tempo
16º
MIN 11º MÁX 18º

Edição

Por fim, Alvalade sorriu em 2020: As notas do Sporting-Marítimo

Cristián Borja desatou o nó do marcador naquele que parecia um jogo que iria terminar empatado e recolocou os leões no terceiro lugar do campeonato.

Por fim, Alvalade sorriu em 2020: As notas do Sporting-Marítimo

Depois de duas derrotas em dois jogos contra os eternos rivais FC Porto e Benfica, o Estádio de Alvalade voltou a sorrir naquela que foi a primeira vitória do Sporting em casa no corrente ano civil. Os leões venceram na recepção ao Marítimo, mas o golo que valeu a conquista dos três pontos só aconteceu nos minutos finais da partida.

Cristián Borja marcou, aos 76 minutos, o remate certeiro que colocou o leão de volta no pódio do campeonato e que coroou uma exibição que não foi de encher o olho, mas suficiente para a conquista dos três pontos.

Mas este não foi um triunfo fácil, antes pelo contrário. Depois de uma primeira parte muito pobre, ainda que dominada pelos leões, Silas percebeu onde estavam as fragilidades do Marítimo e lançou em campo Plata e Jovane, jogadores que mexeram com o jogo no ataque dos leões.

E foi dos pés de Jovane Cabral que surgiu o cruzamento venenoso para o já referido golo de Borja, que se estreou a marcar com a camisola do clube de Alvalade.

Até final, o Sporting foi controlando as operações perante uma equipa do Marítimo que não teve argumentos para marcar um golo que permitisse sair de Alvalade com um ponto. 

De referir também que os verde e brancos tiveram dois golos anulados, um a Coates (18'), ainda no primeiro tempo, outro a Rafael Camacho (53'), no segundo.

Por fim, destaque também para a estreia de Sporar, avançado que foi reforço de inverno, que foi forçado a entrar em ação logo aos 15 minutos de jogo, entrando para o lugar de Luiz Phellype e deixando bons apontados para o que foi o seu jogo de estreia.

Notas do jogo:

Figura: Bruno Fernandes, quem mais, foi um dos destaques nesta vitória. Esteve em praticamente todas as oportunidades do Sporting, criou as melhores ocasiões dos leões, e até esteve perto de marcar aquele que seria um golaço de levantar o estádio e que deixou a tremer a baliza defendida por Amir. Numa altura em que se fala da sua saída, o médio voltou a demonstrar toda a sua qualidade.

Surpresa: Borja aproveitou da melhor maneira a ausência do castigado Marcos Acuña. Foi um dos mais ativos do lado do Sporting e marcou o tento da vitória dos leões. Muito ativo no plano ofensivo, o colombiano esteve também bastante certeiro no aspeto defensivo.

Desilusão: Ristovski esteve abaixo das expectativas neste encontro. Apesar de ter estado perto de inaugurar o marcador na primeira parte, o macedónio cometeu alguns erros a nível defensivo, nomeadamente no critério dos passes. Esteve atento quando Maximiano desviou uma bola na direção da baliza e que poderia ter dado golo do Marítimo.

Treinadores:

Jorge Silas: O Sporting entrou com uma dinâmica interessante e dominou na primeira meia hora do encontro, estando por diversas vezes perto de inaugurar o marcador. A lesão de Luiz Phellype e consequente entrada de Sporar mexeu com a frente de ataque dos leões, mas foi insuficiente para abrir o ativo na primeira parte. Silas percebeu que a sua equipa podia criar mais desequilíbrios pelos corredores e lançou em campo Plata e Jovane Cabral. O técnico foi feliz nessa aposta dado que foi pelo corredor direito, e pelos pés de Jovane, que surgiu o golo que daria o golo da vitória.

José Gomes: Ao contrário do que tinha vindo a acontecer nos últimos encontros, o Marítimo apareceu em Alvalade com poucas ideias. Os insulares, nas últimas jornadas, mostraram-se como uma equipa que criativa a nível ofensivo, mas o encontro em Alvalade mostrou precisamente o contrário. Uma equipa amorfa e apenas com uma ou outra oportunidade, quase sempre por erros defensivos de jogadores do Sporting.

Arbitragem

Prestação positiva de Rui Costa. Num jogo que teve dois lances de golo anulado ao Sporting, o juiz portuense, com a ajuda preciosa do vídeoárbitro, decidiu bem quando retirou os golos a Coates e Rafael Camacho. Teve critério largo na amostragem de cartões amarelos, mas nada que colocasse em causa o resultado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório