Meteorologia

  • 10 DEZEMBRO 2019
Tempo
11º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

City pode mesmo 'arder' e ainda ser banido das competições europeias

Demorou-se mais de cinco meses para conhecer a decisão do TAS, mas as notícias não são boas para os citizens.

City pode mesmo 'arder' e ainda ser banido das competições europeias

Em junho do ano anterior, após as revelações do Football Leaks, o Manchester City recorreu para o Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) para antecipar possíveis sanções da UEFA, por não respeitar as regras do fair play financeiro. As suspeitas pesavam na sobrevalorização de contratos, especialmente os assinados com empresas dos Emirados Árabes Unidos.

Demorou-se mais de cinco meses para conhecer a decisão do TAS, todavia, nesta sexta-feira, o Tribunal de Lausanne rejeitou  o pedido do Manchester City para uma investigação que está a ser levada a cabo pela Câmara Adjudicatória da Comissão de Controlo Financeiro dos Clubes da UEFA. Isso deixa oficialmente o campo livre para a UEFA investigar e punir o clube. Sanção que pode resultar em exclusão nas competições europeias.

Segundo os juízes do TAS, "o recurso do Manchester City FC é inconcebível, considerando que a decisão da Câmara Adjudicatória da Comissão de Controlo Financeiro dos Clubes da UEFA ainda não foi tomada contra o autor". De fato, o TAS relembra que um recurso contra a decisão de uma federação, associação ou órgão relacionado com o desporto pode ser apresentado  a este mesmo organismo se o requerente tiver esgotado todos os recursos legais à sua disposição.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório