Meteorologia

  • 18 NOVEMBRO 2019
Tempo
15º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Platini reclama da UEFA salários em atraso, bónus e honorários

O ex-presidente da UEFA Michel Platini, cuja suspensão por quatro anos terminou em outubro, pretende ser ressarcido de salários em atraso, bónus contratuais e honorários de advogados, confirmou hoje o antigo futebolista francês à AFP.

Platini reclama da UEFA salários em atraso, bónus e honorários
Notícias ao Minuto

12:01 - 08/11/19 por Lusa

Desporto Oficial

Michel Platini reclama o pagamento de um bónus de 1,8 milhões de euros pela "contribuição para o sucesso da Euro2016 em França", que Portugal venceu, 636 mil euros em honorários de advogados e salários em atraso referentes ao período entre 2016 e 2019.

Platini, de 64 anos, tinha sido suspenso de toda a atividade ligada ao futebol em maio de 2016, na sequência de um escândalo de corrupção, por ter recebido 1,8 milhões de euros, em 2011, por um alegado trabalho de consultadoria para a FIFA.

O trabalho de consultadoria, sem contrato escrito, terá sido solicitado a Michel Platini por Joseph Blatter, que na altura era presidente da FIFA e também foi afastado por seis anos do futebol, por "abuso de posição" e "conflito de interesses".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório