Meteorologia

  • 23 JULHO 2019
Tempo
26º
MIN 22º MÁX 28º

Edição

Homicídio negligente: Há um terceiro suspeito pela morte de Davide Astori

Ex-capitão da Fiorentina morreu num quarto de hotel aos 31 anos.

Homicídio negligente: Há um terceiro suspeito pela morte de Davide Astori
Notícias ao Minuto

11:20 - 13/07/19 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Ex-capitão da Fiorentina

No dia 4 de março de 2018, Davide Astori foi encontrado morto no quarto onde dormia, num hotel em Udine, poucas horas antes da Fiorentina ir defrontar a equipa local, a Udinese, para um duelo do campeonato italiano. 

Na altura a autópsia revelou tratar-se de uma "morte cardíaca, devido a uma bradiarritmia", provavelmente, por causas naturais, todavia na semana anterior o caso foi novamente aberto por suspeitas do relatório médico, elaborado por Giorgio Galanti, e a ajuda do seu colaborador Antonino Nastasi ser falso, num documento que teria sido elaborado a 10 de julho de 2017.

Neste sábado, o diário La Nazione dá conta que Giorgio Galanti e Antonio Nastasi não são os únicos suspeitos por homicídio negligente, juntando-se agora  o diretor de Medicina Desportiva de Careggi, Pietro Amedeo Modesti.  Esta publicação sublinha que Modesti é acusado pelo promotor de Florença de "supressão, destruição e ocultação de provas".

De acordo com os investigadores deste caso, Davide Astori poderá ter sido submetido a um exame chamado “strain” [serve para analisar as contratações e elasticidade do músculo cardíaco], em julho de 2017, como suporte de defesa de Galanti, mas o exame, alegadamente efetuado no Centro de Medicina Desportiva de Careggi, onde trabalhava Amedeo Modesti, nunca teria sido realizado.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório