Meteorologia

  • 20 JUNHO 2019
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 23º

Edição

"Os médicos pediram que pare porque passam os anos e cada vez dói mais"

Técnico argentino abandona o Dorados Sinaloa para ser submetido a tratamento médico.

"Os médicos pediram que pare porque passam os anos e cada vez dói mais"

Diego Armando Maradona, até esta sexta-feira treinador do Dorados Sinaloa do México, recorreu às redes sociais para dar conta dos motivos que levaram ao abandono do comando técnico do clube.

Numa publicação no Instagram, o técnico argentino lembrou que sai apenas por motivos médicos, dizendo esperar que a relação criada com o clube perdure por anos.

"Queria deixar claro que a minha saída do Dorados tem que ver com a minha saúde. Lamentavelmente, tenho que dar um passo atrás e deixar um clube onde me fizeram sentir como em minha casa. Agradeço a todos os que fizeram parte deste projeto", começou por referir o ex-jogador.

"Hoje tenho de pensar mais na minha saúde. Os médicos pedem-me que pare porque passam os anos e cada vez dói mais. Tenho que realizar duas operações que venho a adiar há muito tempo. Nenhuma é de risco mas necessito de tempo e repouso para poder realizá-las e acho que este é o momento. Sinceramente não sei como vos explicar, mas agradeço a todos os que pensam em mim. Confio ter deixado o nome do clube no alto e queria dizer ao Dorados e aos seus adeptos que estaremos sempre juntos", finalizou o argentino.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório