Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 19º

Edição

Brexit é difícil (até na Champions) e obriga dragão a exibição histórica

Derrota com o Liverpool, por 0-2, obriga o FC Porto a fazer o que nunca fez para seguir em frente na prova milionária.

Brexit é difícil (até na Champions) e obriga dragão a exibição histórica

Se o Brexit vai sendo um tema cada vez mais complicado no que à política diz respeito, o mesmo se pode dizer no futebol. O FC Porto entrou em Liverpool empenhado em quebrar o ‘registo negro’ no país – são já 18 derrotas e três empates em 21 jogos – e atirar com os ingleses para fora da Europa, mas não conseguiu evitar a derrota em Anfield Road.

Os dragões entraram bem no encontro, mas a equipa de Jurgen Klopp mostrou por que é uma das mais temidas do futebol continental. A jogar em casa, controlou o jogo (quase) na sua totalidade e garantiu uma vantagem de dois golos na busca por um lugar nas meias-finais da Liga dos Campeões.

Na primeira oportunidade de que dispuseram, logo aos cinco minutos, os reds marcaram, por intermédio de Naby Keita, num lance onde a bola desvia em Óliver Torres antes de encontrar o caminho para o fundo das redes. Cerca de 20 minutos depois, foi a vez de Roberto Firmino castigar a passividade da defesa azul e branca, a passe de Trent Alexander-Arnold.

Pelo meio, o FC Porto teve oportunidades mais do que suficientes para amenizar a derrota, mas Moussa Marega, que tão letal tem sido dentro de portas, desperdiçou uma mão cheia de oportunidades claras para reabrir a eliminatória.

No entanto, nada está perdido. Desta quarta-feira a uma semana, a equipa de Sérgio Conceição recebe, no Dragão, o Liverpool, sabendo que, com uma exibição a roçar a perfeição, será mais do que possível lutar por um lugar entre as quatro melhores equipas da Europa.

Contra o Liverpool... e contra a história

Além de ter de combater com o Liverpool, para seguir em frente na prova milionária, o FC Porto terá, também, de combater… a história, que, de momento, é tudo menos simpática para a equipa portuguesa.

Das quatro vezes em que perderam por 0-2 fora de casa na primeira mão de uma eliminatória das provas da UEFA (em 1975/76, contra o Hamburgo, em 1981/82, contra o Standard Liège, em 1985/86, contra o Barcelona, e em 2015/16, contra o Borussia Dortmund) os dragões acabaram sempre por ser eliminados.

Por outro lado, sempre que venceram por 2-0 na primeira mão de uma eliminatória europeia, os reds… seguiram sempre em frente. Foi assim em 1966/67 (Petrolul), 1972/73 (Frankfurt e Dynamo Dresden), 1976/77 (Crusaders), 2003/04 (Levski), 2007/08 (Inter de Milão) e 2015/16 (Manchester United).

LiverpoolvsFC Porto
58%Posse de bola42%
14Remates9
4Cantos5
2Foras de jogo2
9Faltas7
0/0Cartões amarelos/vermelhos2/0

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório