Meteorologia

  • 16 JULHO 2024
Tempo
20º
MIN 17º MÁX 26º

Bilhetes esgotados para o último dia do Rock in Rio Lisboa

Já não há ingressos para o dia em que vão atuar Doja Cat, Camila Cabello, Ne-Yo e Aitana, entre outros artistas.

Bilhetes esgotados para o último dia do Rock in Rio Lisboa

Os bilhetes para o último dia da edição de 2024 do festival Rock in Rio Lisboa, no próximo domingo, 23 de junho, estão esgotados, anunciou a organização em comunicado enviado às redações.

"Depois de um primeiro fim de semana histórico, o último dia do Rock in Rio Lisboa também está esgotado. Doja Cat, Camila Cabello, Ne-Yo, Aitana e muitos vão atuar na nova Cidade do Rock" nesse dia, lê-se na nota informativa, numa altura em que o festival tem gerado recordes de queixas no Portal da Queixa.

Sobre este facto, porém, a organização do evento realçou que o "universo de queixas" nesta plataforma, à data do envio do comunicado em questão, representava "menos de 0,08% das pessoas que estiveram nos primeiros dois dias do festival (135 em 160 mil pessoas)".

Aliás, a organização do Rock in Rio Lisboa faz questão de enaltecer que "o novo recinto do festival foi estreado com lotação esgotada nos dias 15 e 16 de junho, e a grande maioria do público saiu satisfeito com a experiência do festival como comprova o estudo pedido pela organização à Multidados sobre a avaliação do evento".

É apontada uma percentagem de cerca de 70% de opiniões positivas sobre a mudança do Rock in Rio Lisboa do Parque da Bela Vista para o Parque Tejo, num universo de 1.200 participantes, com uma margem de erro de 3,99% e grau de confiança de 95%.

Segundo o mesmo estudo, numa escala de 0 a 10 (em que 10 é a nota mais positiva), a avaliação desta edição do Rock in Rio Lisboa pelo público inquirido é "acima de 8 pontos, em temas como o novo recinto, a segurança, a qualidade de luz/ som (concertos), a organização do espaço, o cartaz na sua globalidade e as infraestruturas de WC/ limpeza".

Registou-se, também, "uma mudança no pico de chegada do público ao recinto, antecipando das 18h para as 16h e um aumento de 50% das vendas operadores de alimentos e bebidas presentes no festival".

Novidades e respostas às queixas dos festivaleiros

Na mesma missiva, a organização do Rock in Rio Lisboa apresentou também algumas novidades nesta edição, incluindo "uma operação 'Stop&Go'" na gestão das filas na saída do recinto, "que consiste em gerir o avanço das pessoas na fila com paragens regulares, para que o escoamento seja feito mais lentamente e com maior segurança do público e também evitando assim um aglomerado de milhares de pessoas no trânsito ao mesmo tempo".

Em simultâneo, foi implementado "um aumento de 40% no número de WCs em relação à Bela Vista", sendo que "há 490 WCs (incluindo WCs acessíveis e não binárias) distribuídas por todo o recinto".

No que toca à alimentação e bebidas, "há no Parque Tejo mais 17 pontos de alimentação e bebida: 39 de alimentação, 12 bares, 5 cafés e 1 gelado, perfazendo um total de 57 espaços".

Como "houve um aumento de 50% das vendas dos operadores de alimentos e bebidas presentes no festival", no próximo fim de semana haverá "reforço de stock, de pessoal, e equipa de staff com megafones a orientar as pessoas para as zonas de alimentação com menos movimento".

A organização do Rock in Rio Lisboa realçou ainda que, para reduzir a quantidade de pó no ar, foram instalados cerca de 15 mil metros quadrados de relva sintética e 18 mil metros quadrados de piso compactado removível. Também são utilizados "camiões cisterna a espalhar água reutilizada pelo solo antes da abertura de portas e nas vias e serviço ao longo de todo o dia".

Finalmente, o festival respondeu às queixas do público relativamente à fraca visibilidade do Palco Mundo, reforçando "a comunicação nos ecrãs para convidar as pessoas a deslocar-se para outras áreas de boa visibilidade, e que não ficaram preenchidas no primeiro fim de semana".

O Rock in Rio Lisboa gaba-se de se ter tornado "ainda mais acessível", pensado de forma a "receber com a maior comodidade possível todas as pessoas, sem exceção". A plataforma de mobilidade condicionada tem capacidade para cerca de 60 pessoas.

Foi, também, disponibilizado um canal de WhatsApp Oficial do Rock in Rio Lisboa. "Através deste link, qualquer pessoa pode seguir o canal e receber informação em tempo real antes e durante o festival", realçou a organização.

Leia Também: Rock in Rio Lisboa? Há 97% mais queixas do que em toda a edição de 2022

Recomendados para si

;
Campo obrigatório