Meteorologia

  • 21 ABRIL 2024
Tempo
24º
MIN 15º MÁX 26º

Digressão de Mário Laginha e Pedro Burmester celebra a liberdade

Os pianistas Pedro Burmester e Mário Laginha "celebram a liberdade", interpretando juntos, em concerto, temas que marcaram o período revolucionário do 25 de Abril de 1974, de José Afonso e Sérgio Godinho, entre outros.

Digressão de Mário Laginha e Pedro Burmester celebra a liberdade
Notícias ao Minuto

10:33 - 04/04/24 por Lusa

Cultura 25 de Abril

O ponto de partida para esta digressão, que começa no dia 19 em Águeda, no distrito de Aveiro, foi celebrar o Cinquentenário da Revolução dos Cravos.

"Não dava para não comemorar os 50 anos do 25 de Abril [de 1974], nós e, felizmente muitos mais, achámos isso. Eu e o Pedro {Burmester] escolhemos repertório de compositores completamente incontornáveis, e que gostamos muito, como o Zeca Afonso, o Fausto, o Sérgio Godinho e o José Mário Branco", disse à agência Lusa Mário Laginha.

Laginha deu conta da emoção que foi reencontrar estes compositores, referindo-se a um "período de ouro e uma geração de ouro". "Todos eles eram incrivelmente inspirados, todos eles diferentes, também, mas é um prazer estar a trabalhar à volta desta música".

O pianista considera essencial celebrar a Revolução de Abril, à qual se deve uma vida de liberdade.

"Tenho a certeza de que a minha vida teria sido outra, para pior, sem o 25 de Abril, a liberdade é uma coisa maravilhosa e indispensável, e não concebo a vida de outra forma, toda a minha vida de adulto foi em democracia. Eu acho a democracia uma coisa maravilhosa e acho que temos uma dívida imensa para quem o fez e para quem tornou possível a democracia", disse o músico, que festejou 14 anos no dia em que a Revolução aconteceu.

Sobre os concertos, Laginha disse "ter alguma esperança que, de vez em quando, muito baixinho, cantarem aquelas canções, que estão no imaginário, com letras e músicas que foram tão importantes".

Os concertos começam no Centro de Artes de Águeda, no próximo dia 19, e prosseguem até dezembro, com um concerto no dia 13 desse mês, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa.

Entre estas duas datas, Pedro Burmester e Mário Laginha "celebram a liberdade" nos palcos da Casa das Artes de Famalicão, no dia 20, do Anfiteatro Colina de Camões, na Quinta das Lágrimas, em Coimbra, no âmbito do Festival das Artes, no dia 18 de julho.

No dia 19 de julho, vão estar no Auditório Municipal de Vila Nova de Cerveira, no distrito de Viana do Castelo, e no dia 29 de novembro no Coliseu do Porto.

Mário Laginha e Pedro Burmester, dois músicos vindos de universos musicais distintos, tocam juntos desde finais da década de 1980, tendo realizado, a partir de 2007, vários concertos com um terceiro pianista, Bernardo Sassetti (1970-2012), que vão homenagear no próximo dia 18, no âmbito do 19.º Portalegre JazzFest.

Leia Também: Igrejas de Murça palco para 8 concertos que celebram 800 anos de história

Recomendados para si

;
Campo obrigatório