Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
21º
MIN 18º MÁX 29º

Theatro Circo destaca mediação de públicos e espectadores mais novos

A nova temporada cultural do Theatro Circo, em Braga, hoje anunciada e que se estende de maio a agosto, dá especial destaque a públicos mais jovens e a "momentos de mediação de públicos".

Theatro Circo destaca mediação de públicos e espectadores mais novos
Notícias ao Minuto

13:16 - 03/04/24 por Lusa

Cultura temporada cultural

De acordo com a programação, o Theatro Circo vai acolher, por exemplo, concertos de Aldina Duarte (03 de maio), Capitão Fausto (04 de maio) ou do brasileiro Ivan Lins (08 de junho) e das bracarenses Maria Quê (22 de junho), todos com repertório novo; e ainda da Sinfonietta de Braga (31 de maio).

O Theatro Circo é ainda ponto de paragem, em maio, da peça "Fado Alexandrino", produção do Teatro Nacional São João, com encenação de Nuno Cardoso a partir de um romance de António Lobo Antunes.

Ainda em maio, acontecerá a já anunciada Bienal de Arte e Tecnologia INDEX, com a presença, entre outros, do artista japonês Ryoji Ikeda, do libanês Lawrence Abu Hamdan e da ODE -- Orquestra Dispositivos Eletrónicos, com visuais da Berklee College of Music, que resulta de uma encomenda.

Em julho, em estreia, vai decorrer o Julho é de Jazz, com concertos de nomes como o coletivo norte-americano Irreversible Entanglements (05 julho) e o pianista brasileiro Amaro Freitas Trio (13 julho).

O Theatro Circo dá ainda relevo a uma programação pensada para os mais novos, nomeadamente com o espetáculo "Nuvens" (04 de maio), de Joana Araújo, Maria Mónica e Ricardo Baptista, e com o projeto Mão Verde, de Capicua e Pedro Geraldes, a 01 de junho, Dia da Criança.

No programa "Crianças ao Poder", a 29 de junho haverá "Nesta Manta Cabe", uma sessão-concerto para bebés e crianças até aos 5 anos, oficinas de marionetas de papel, filmes de Abbas Kiarostami para os mais pequenos, e a peça "Eu não sabia que podia", da companhia de teatro Os Possessos.

A partir de 01 de junho, o Theatro Circo passa a acolher a Companhia de Espectadores, descrito como um "momento criado para a análise e reflexão sobre artes performativas", começando pelo teatro.

O primeiro encontro deste projeto será sobre a peça "Fado Alexandrino", a 01 de junho. O segundo será a 06 de julho com a peça de Os Possessos.

Em agosto, haverá um ciclo de cinema dedicado a Margarida Cordeiro e António Reis, programado pelo Lucky Star - Cineclube de Braga.

Leia Também: Antigo Cineteatro do Luso transformado em Centro de Interpretação Ambiental

Recomendados para si

;
Campo obrigatório