Meteorologia

  • 14 ABRIL 2024
Tempo
27º
MIN 18º MÁX 28º

Ciclo na Culturgest aborda o corpo fora da norma em espetáculos e conversas

Um ciclo dedicado ao corpo fora da norma nas artes performativas vai decorrer entre segunda-feira e 16 de março na Culturgest, em Lisboa, em espetáculos, conversas e oficinas, com curadoria de Diana Niepce, segundo a entidade.

Ciclo na Culturgest aborda o corpo fora da norma em espetáculos e conversas
Notícias ao Minuto

13:32 - 01/03/24 por Lusa

Cultura Culturgest

O ciclo tem como título "Corpos Políticos" e o objetivo é "pensar uma hierarquia que na maioria dos casos ainda privilegia o corpo normativo nas artes performativas e desvaloriza, discrimina e exclui os corpos que não encaixam na norma", segundo um comunicado sobre a programação.

Do programa constam espetáculos em estreia, como o do artista Dan Daw, que estará pela primeira vez em Portugal para apresentar "The Dan Daw Show", sobre cuidado, intimidade e resiliência, desapego e revindicação, nos dias 15 e 16 de março, na Culturgest, e no Teatro Rivoli, no Porto, nos dias 22 e 23 de março.

Nos dias 08 e 09 de março, a coreógrafa e intérprete Diana Niepce apresenta, depois da estreia, em 2022, "O Outro Lado da Dança", espetáculo onde "a coreógrafa e intérprete leva consigo para o palco "as vozes dos invisíveis na história da dança: os corpos fora da norma", ainda segundo a programação do ciclo.

Com entrada gratuita - exceto nestes dois espetáculos - todos os eventos serão apresentados com interpretação em Língua Gestual Portuguesa (LGP), exceto "O Outro Lado da Danc¸a", "Tempestade Mental: Corpo Poli´tico" e "The Dan Daw Show".

O espetáculo "O Outro Lado da Dança" conta com audiodescrição no segundo dia de apresentação.

O ciclo "Corpos Políticos" apresenta-se como "um projeto de investigação, formação de públicos e programação que tenta mapear a presença do corpo fora da norma nas artes performativas, abordando as diferentes propostas segundo o paradigma do corpo político, o corpo que contesta o seu lugar na sociedade".

Ainda nas performances, a italiana Diana Anselmo estará na Culturgest, no dia 14 de março, com "Autorretrato em 3 Atos", uma vídeo-performance onde investiga o conceito de olhar fixamente (´staring´ em inglês).

O objetivo é convidar o público a "partilhar horizontes e imaginários para uma pluralidade de corpos, histórias, experiências e identidades", através de excertos do manifesto da Al.Di.Qua. Artists -- primeira associação europeia liderada por pessoas com deficiência nas artes performativas.

Estão ainda previstas conferências e debates com Marc Brew, Tito Rajarshi Mukhopadhyay, Lennard J. Davis, Diana Niepce, entre outros criadores convidados.

No campo das oficinas, a primeira, "Como (e quando) falar da deficiência" - que abre o ciclo, na segunda-feira -, tem como público-alvo jornalistas e profissionais de comunicação, e é dedicada à abordagem e à linguagem mais apropriadas a usar sobre e com artistas com deficiência, e terá a presença de Diana Niepce, Joana Gomes, Joana Reais, e Maria Vlachou, diretora executiva da Associação Acesso Cultura.

O segundo 'workshop', no dia 15 de março, pretende "fundir as componentes teóricas e práticas das ´Disability Arts´", e terá como participantes Diana Niepce e Diana Anselmo.

O ciclo irá também homenagear a bailarina brasileira Mickaella Dantas (1989-2024), que morreu em 10 de fevereiro, uma das artistas que tinham sido convidadas para participar neste programa da Culturgest.

Leia Também: Culturgest acolhe nova edição de mostra de cinema acessível e inclusiva

Recomendados para si

;
Campo obrigatório