Meteorologia

  • 23 FEVEREIRO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 14º

Quadro de Isabel de Bourbon poderá bater recorde em leilão

Obra é do pintor espanhol Diego Velázquez e espera-se que o preço ronde os 35 milhões de dólares (cerca de 32 milhões de euros).

Quadro de Isabel de Bourbon poderá bater recorde em leilão
Notícias ao Minuto

17:10 - 30/11/23 por Notícias ao Minuto

Cultura Leilão

Um quadro da rainha espanhola Isabel de Bourbon, pintado por Diego Velázquez, no século XVII, poderá tornar-se na obra mais cara de sempre pintada por este artista espanhol.

A obra - que deverá vender-se por 35 milhões de dólares (cerca de 32 milhões de euros), e que mede cerca de 2 metros de altura - irá a leilão em fevereiro, através da Sotheby's - em Nova Iorque. Está a ser vendido por um fundo familiar privado, de acordo com o Financial Times, e está na mesma coleção familiar desde 1978.

"Esta pintura excepcional é notável não apenas pela sua beleza e qualidade, mas também pela escala e tema”, disse George Wachter, presidente da Sotheby’s, citado pelo jornal The Guardian.

"O retrato real permitiu a Velázquez impulsionar a arte de maneiras novas e revolucionárias e este grande retrato de Isabel de Bourbon é um exemplo excepcional do artista no auge dos seus poderes, moldando a direção do retrato para as gerações seguintes. Nenhuma outra pintura de Velázquez desta escala e importância chegou ao mercado em mais de meio século", continuou.

O quadro de Velázquez mais caro de sempre, vendido em leilão, é, atualmente, um retrato de meio corpo de Santa Rufina. Foi vendido na Sotheby's de Londres por 7,5 milhões de libras (8,7 milhões de euros ao câmbio atual), em 2007.

Leia Também: Quadro perdido de Botticelli encontrado em Nápoles pode valer 100 milhões

Recomendados para si

;
Campo obrigatório