Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

"Obras Perdidas da Bauhaus" de Kandinsky estarão no Museu dos Clérigos

A exposição "Kandinsky, Obras Perdidas da Bauhaus", do pintor russo Wassily Kandinsky, é inaugurada na próxima terça-feira, dia 21, no Museu dos Clérigos, no Porto, onde serão apresentados 15 desenhos do artista, avançou hoje a Irmandade dos Clérigos.

"Obras Perdidas da Bauhaus" de Kandinsky estarão no Museu dos Clérigos
Notícias ao Minuto

17:39 - 17/11/23 por Lusa

Cultura Porto

Em declarações à agência Lusa, fonte oficial da Irmandade dos Clérigos explicou que os 15 desenhos que compõem a exposição "Kandinsky, Obras Perdidas da Bahaus" pertencem ao colecionador Edward Khodorkovsky e vão estar expostos no Museu dos Clérigos a partir das 21:00 da próxima terça-feira.

As obras expostas foram realizadas em 1922 por Kandinsky, previamente ao quadro "On White II" (1923), e no período em que esteve ligado à escola alemã Bauhaus.

"Esta é a primeira vez que a coleção chega ao espaço da União Europeia" e carrega o "simbolismo de ter sido o último ato cultural entre a Rússia e a Ucrânia antes do início da guerra", acrescenta a Irmandade dos Clérigos, numa nota de imprensa.

Kandinsky , autor da obra "O Cavaleiro azul" (1903) e "Fuga" (1914), foi introdutor da abstração no campo das artes visuais e professor de diversas matérias na escola de arte vanguardista Bauhaus.

Nasceu em Moscovo, Rússia, em 1866, mas adquiriu nacionalidade alemã em 1928 e francesa em 1939, vindo a morrer em Fraca em 1944.

A exposição "Kandinsky, Obras Perdidas da Bauhaus" conta com a curadoria de Nuno Viana e fica patente no Museu dos Clérigos até 17 de março de 2024.

Leia Também: Maior feira de negócios de Cabo Verde abre com 110 empresas presentes

Recomendados para si

;
Campo obrigatório