Meteorologia

  • 21 FEVEREIRO 2024
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 20º

Filipe Andrade, Miguelanxo Prado, Super-Homem e Garfield no AmadoraBD

O festival de banda desenhada AmadoraBD, dedicado este ano aos "Clássicos Intemporais", como o Super-Homem, vai expor, em outubro, trabalhos dos portugueses Filipe Andrade, Marta Teives e Derradé e do espanhol Miguelanxo Prado, anunciou hoje a organização.

Filipe Andrade, Miguelanxo Prado, Super-Homem e Garfield no AmadoraBD
Notícias ao Minuto

14:54 - 20/09/23 por Lusa

Cultura Amadora BD

O 34.º AmadoraBD vai decorrer de 19 a 29 de outubro e aposta numa programação com "conteúdos generalistas que vão ao encontro de um público mais vasto e alargado", com a missão de "criar e educar novos leitores de banda desenhada".

Segundo a programação divulgada, estão previstas mais de uma dezena de exposições, com o núcleo central novamente no Ski Skate Amadora Park, com ramificações na galeria municipal Artur Bual e na Bedeteca da Amadora.

Das exposições anunciadas, há várias focadas em álbuns de banda desenhada de edição recente, dando assim destaque aos seus autores, como "As muitas mortes de Laila Starr", de Filipe Andrade para um argumento de Ram V, e "O grande Gatsby", desenhado por Jorge Coelho com argumento de Ted Adams.

Haverá ainda uma exposição retrospetiva dedicada a Derradé (Dário Duarte) e outra sobre o trabalho do autor galego Miguelanxo Prado, incluindo desenhos dos álbuns "O pacto da letargia" e "Amani".

A propósito do tema central do AmadoraBD, "Clássicos Intemporais", o festival assinala vários aniversários: Os 75 anos do pistoleiro de 'westerns' Tex Willer, os 45 anos do gato Garfield, com os desenhos originais de Jim Davis, os 60 anos de A Turma da Mónica, com a presença na Amadora do autor brasileiro Maurício de Souza, e os 85 anos do Super-Homem.

A propósito deste super-herói, nascido nos anos 1930 na DC Comics, o AmadoraBD convidou vários autores para estarem presentes, nomeadamente os desenhadores Jon Bogdanove, Bob McLeod e Mick Gray e o português Miguel Mendonça, que trabalha para aquela editora norte-americana.

O público poderá ainda ver exposições de Marta Teives, André Letria, José Smith Vargas e Bernardo Majer, que venceu em 2022 um dos prémios de BD com o álbum "Estes Dias" e que assina a imagem gráfica deste ano do festival.

Tal como em anos anteriores, o AmadoraBD vai atribuir prémios aos melhores livros publicados em Portugal ao longo dos últimos meses, sendo os nomeados anunciados no início de outubro.

O júri destes prémios integra o investigador João Ramalho Santos, o programador e autor Paulo Monteiro e Hugo Pinto, em representação da autarquia da Amadora, que organiza o festival.

Leia Também: Tivoli celebra centenário com programação cultural ao longo de dois anos

Recomendados para si

;
Campo obrigatório