Meteorologia

  • 04 MARçO 2024
Tempo
11º
MIN 10º MÁX 17º

ProMuseus vai apoiar projetos de 40 museus no valor de 1,6 milhões

Um total de 40 projetos de 40 museus foi aprovado pelo concurso do Programa de Apoio a Museus da Rede Portuguesa de Museus -- ProMuseus para um financiamento global de 1.684.031,33 euros, anunciou hoje a DGPC.

ProMuseus vai apoiar projetos de 40 museus no valor de 1,6 milhões
Notícias ao Minuto

12:56 - 14/09/23 por Lusa

Cultura Cultura

Na sequência do concurso aberto este ano pelo ProMuseus, foram registadas 91 candidaturas apresentadas por 70 museus, das quais 83 foram admitidas, segundo um comunicado da Direção-Geral do Património Cultural (DGPC), que irá comparticipar com 997.854,31 euros, a atribuir de forma repartida em 2023 e em 2024.

No comunicado, este organismo destaca como "muito positiva a taxa de participação" dos Museus da Rede Portuguesa de Museus (RPM), que correspondeu a 51 por cento do universo elegível avaliado pelo júri do concurso.

O apoio da DGPC será disponibilizado de forma repartida em 70 por cento para 2023 e em 30 por cento em 2024, segundo o comunicado.

O Programa de Apoio ProMuseus, destinado aos museus credenciados na RPM não dependentes da administração central, é gerido pela DGPC, e tem como principais objetivos "promover a qualificação dos museus portugueses, contribuir para a preservação do património cultural e melhorar a prestação de serviços ao público".

O concurso, aberto este ano, apresentou como áreas de apoio preferenciais o estudo, investigação e exposições; inventário, documentação e digitalização de coleções; acessibilidade e inclusão; capacitação de equipas; parcerias.

Entre 2019 e 2023 foram abertos três concursos do Programa ProMuseus, que registaram um total de 238 candidaturas, 144 projetos apoiados e um valor de investimento total de 2.651.974,10 euros, recorda a DGPC.

Entre os museus apoiados este ano estão o Museu Municipal Carlos Reis, em Torres Novas, na área das parcerias, o Museu Militar de Lisboa e o do Porto (inclusão e acessibilidade), o Museu Municipal de Coimbra (estudo, investigação e exposições), o Museu da Fundação Cupertino de Miranda (investigação, documentação de digitalização de coleções), o EcoMuseu do Seixal (estudo, investigação e exposições), e o Museu das Flores, nos Açores (inclusão e acessibilidade).

O Museu da Chapelaria (inclusão e acessibilidade), o Museu do Douro (estudo, investigação e exposições), o Museu Municipal de Arqueologia de Silves (estudo, investigação e exposições), o Museu do Pico (inclusão e acessibilidade), o Museu de Arte Sacra do Funchal (estudo, investigação e exposições) e o Museu Municipal de Ourém (inclusão e acessibilidade) também estão entre os selecionados no concurso.

Leia Também: Novo romance de Orhan Pamuk entre as novidades do Grupo Presença

Recomendados para si

;
Campo obrigatório