Meteorologia

  • 14 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 26º

April Ivy: "'Modo Voo' é uma música de superação e empoderamento"

A artista, de 23 anos, é concorrente do Festival da Canção de 2023 e sobe ao palco já no próximo sábado, dia 25 de fevereiro.

April Ivy: "'Modo Voo' é uma música de superação e empoderamento"

A 57.ª edição do Festival da Canção começa já no próximo sábado, dia 25 de fevereiro. No total, são 20 os concorrentes a querer representar Portugal na Eurovisão, em Liverpool.

O Notícias ao Minuto falou com todos os autores em competição e Ivy April não foi exceção.

A jovem, de 23 anos, cujo nome no cartão de cidadão é Mariana Gonçalves, é uma cantora, compositora e atriz, que conta já anos de experiência no mundo das artes, tendo mesmo, aos nove anos, dado voz a personagens da Disney.

Segundo a RTP, April Ivy estreou-se profissionalmente no mundo da música aos 16 anos, como artista independente, com o primeiro single, 'Be OK'. O tema, da sua autoria, alcançou o primeiro lugar da lista nacional de Spotify, YouTube e iTunes.

Em 2016, tornou-se a primeira artista portuguesa a assinar um contrato internacional com a Universal Music France. Nesse ano, obteve uma nomeação de Melhor Artista Portuguesa nos MTV Europe Music Awards e, no ano seguinte, uma outra nos Globos de Ouro na categoria de Revelação Nacional. Em 2019, lançou o seu primeiro álbum, 'Game of Love'.

Porque é que quis participar no Festival da Canção?

Já não é a primeira vez que surge o convite por parte da RTP, no entanto, ainda não me sentia preparada para aceitar este desafio. Já acompanho o Festival há alguns anos e acho que é uma plataforma incrível para os artistas promoverem o seu trabalho. 

Já era fã do Festival da Canção? E da Eurovisão?  

Já, sim! Confesso que desde do ano do Salvador Sobral comecei a acompanhar com mais atenção, mas é impossível ser indiferente aos nomes que já pisaram aquele palco.

Qual é para si a melhor música de sempre do Festival da Canção?

'Bem Bom', das Doce.

Que mensagem transmite a música 'Modo Voo'?

A 'Modo Voo' é uma música de superação e empoderamento. Fala sobre o descolar da minha carreira novamente e de como me senti. 

Consegue levantar um pouco o véu de como será a atuação?

Posso dizer que vai ser uma atuação animada, mas mais não posso revelar. 

Como estão a correr os ensaios? Com que frequência ensaia?

Tenho ensaiado diariamente e estou a preparar-me fisicamente há muitos meses.
 
De que forma olha para as restantes canções e intérpretes desta edição do Festival da Canção?

Acho todas muito especiais e únicas. Gostei de ver a diversidade tanto nos compositores como nos intérpretes. Acho que torna o Festival muito mais emocionante e a verdade é que há musicas para todos os gostos. 

Quais são as suas expetativas face à participação no Festival da Canção? O que seria um bom resultado?

Vou mesmo sem expetativa nenhuma. Seja o que Deus quiser! Vou dar o meu melhor e apresentar o meu trabalho.

Depois da participação no Festival da Canção, o que se segue? 

Segue-se mais musica, claro! Vou ter bastantes lançamentos este ano.

Que portas é que acha que o Festival da Canção pode abrir para o seu futuro?

Ainda não começou e já tive a oportunidade de conhecer pessoas fantásticas com quem espero manter a ligação no futuro. A nível de exposição, obviamente o Festival é uma grande montra e por isso espero que o meu trabalho chegue a um público maior.

Leia Também: "Canto sempre de peito aberto, com muito sentimento e verdade"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório