Meteorologia

  • 18 JUNHO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Ángel Marcos de Dios recebe Prémio Eduardo Lourenço 2020 no dia 21

O professor e investigador espanhol Ángel Marcos de Dios recebe, no dia 21, na cidade da Guarda, o Prémio Eduardo Lourenço 2020, foi hoje anunciado.

Ángel Marcos de Dios recebe Prémio Eduardo Lourenço 2020 no dia 21
Notícias ao Minuto

12:09 - 14/05/21 por Lusa

Cultura Prémio

O Centro de Estudos Ibéricos (CEI), entidade que atribui o Prémio Eduardo Lourenço e que tem sede na cidade da Guarda, anunciou que vai assinalar o aniversário de nascimento do filósofo e ensaísta, no dia 21 de maio, com a cerimónia de entrega do prémio de 2020, a inauguração de um Memorial e a realização de um 'webinar'.

Segundo o CEI, naquele dia, pelas 11:00 terá lugar a sessão (presencial e 'online') de entrega do Prémio Eduardo Lourenço 2020 a Ángel Marcos de Dios, na Biblioteca Municipal Eduardo Lourenço.

Na 16.ª edição, o júri do prémio decidiu, por unanimidade, atribuir o galardão a Ángel Marcos de Dios, professor catedrático jubilado da Universidade de Salamanca (Espanha), reconhecendo o seu "mérito académico e científico" na área da Língua e Literatura Portuguesas, e "a sua longa e profícua dedicação ao desenvolvimento e aprofundamento das relações culturais [e] académicas entre Portugal e Espanha".

Instituído em 2004 pelo CEI, o prémio destina-se a galardoar personalidades ou instituições com "intervenção relevante no âmbito da cultura, cidadania e cooperação ibéricas".

No mesmo dia, o CEI, uma associação transfronteiriça que resultou da parceria entre a Câmara Municipal da Guarda, as universidades de Coimbra e de Salamanca e o Instituto Politécnico da Guarda, vai assinalar simbolicamente o aniversário do seu mentor.

O filósofo e ensaísta Eduardo Lourenço nasceu em 23 de maio de 1923, em São Pedro do Rio Seco, no concelho de Almeida, distrito da Guarda, e morreu no dia 01 de dezembro de 2020, com 97 anos.

O programa inclui, pelas 15:00, o 'webinar' "Leituras de Eduardo Lourenço", com apresentação e moderação de Guilherme d´Oliveira Martins e intervenções de Paulo Filipe Monteiro (Universidade Nova de Lisboa), Francisco Noa (Moçambique) e Nuno Grande (Universidade de Coimbra).

Segundo o CEI, o projeto "Leituras de Eduardo Lourenço" assume a obra do ensaísta "como elemento congregador e pretende, além de gerar um movimento cultural de discussão e (re)leitura critica do seu legado, promover a reflexão dum pensamento vasto e labiríntico através de múltiplas iniciativas, onde se inclui um Ciclo de Seminários que decorrerão durante 2021 e 2022".

O projeto é coordenado por António Pedro Pita (Universidade de Coimbra), Margarida Calafate Ribeiro e Roberto Vecchi (Cátedra Eduardo Lourenço, Universidade de Bolonha) e Rui Jacinto (Centro de Estudos Ibéricos e CEGOT - Universidade de Coimbra).

Para as 17:00 do dia 21 de maio, está agendada a inauguração do Memorial Eduardo Lourenço, na sede do CEI, a apresentação da gravura "Eduardo Lourenço -- Heterodoxias" e da Medalha Comemorativa dos 20 anos da associação transfronteiriça (sessão presencial e 'online').

O CEI adianta na nota que, no ano em que se comemoram 20 anos da assinatura do protocolo fundador, "presta uma singela e sentida homenagem ao seu mentor, patrono e diretor honorífico com a inauguração de um espaço Memorial na sua sede onde estão expostos alguns Prémios, Diplomas e Condecorações que o professor Eduardo Lourenço legou à Guarda".

Para assinalar a data, será, ainda, apresentada a gravura "Eduardo Lourenço -- Heterodoxias" e a medalha comemorativa dos vinte anos do CEI, ambas da autoria de João Pedro Cochofel.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório