Meteorologia

  • 21 JUNHO 2021
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 22º

Edição

Preparada candidatura das Festas Espírito Santo a património da UNESCO

Alenquer, Ponta Delgada e Angra do Heroísmo estão a trabalhar na criação de uma associação intermunicipal das Festas do Divino Espírito Santo para preparar uma candidatura a património mundial imaterial da UNESCO, disse hoje o vice-presidente da câmara de Alenquer.

Preparada candidatura das Festas Espírito Santo a património da UNESCO
Notícias ao Minuto

15:55 - 12/04/21 por Lusa

Cultura Festas do Espírito Santo

Rui Costa afirmou à agência Lusa que a associação, cujos estatutos já estão elaborados, pretende juntar os municípios onde existem tradições das Festas do Divino Espírito Santo.

"Queremos que as festas voltem a ter a notoriedade que tinham no continente, onde perderam a sua identidade, e queremos preparar em conjunto uma candidatura a património mundial imaterial da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura [UNESCO]".

Antes da candidatura à UNESCO, o processo terá de ser sujeito a uma candidatura a património nacional imaterial.

A Câmara de Alenquer aprovou hoje por unanimidade a proposta de atribuir interesse municipal às Festas do Divino Espírito Santo, por ocasião dos 700 anos dos festejos.

Na proposta, que vai ainda ser submetida à Assembleia Municipal, a autarquia sublinha que as Festas do Divino Espírito Santo foram fundadas em Alenquer pela Rainha Santa Isabel e pelo seu marido, o rei D. Dinis, em 1321.

Os festejos incluíam a coroação do Imperador, o cortejo majestático, a procissão litúrgica e a distribuição do bodo de carne e pão, tradições que sobreviveram até hoje, ainda que o bodo seja agora distribuído a toda a população e não só aos pobres.

Os festejos, que terão tido origem em Alenquer, espalhando-se depois para o país e para o mundo, onde existem comunidades de emigrantes, continuam a realizar-se e têm associado um património arquitetónico e artístico rico e diversificado.

Em Alenquer, e após longa interrupção, a recuperação material dos edifícios da antiga Casa do Espírito Santo (Igreja e Arcada), veio possibilitar a restauração das antigas Festas do Império, em 2007.

Além das tradições das festas, existem no concelho vários locais de culto do Espírito Santo, destacando-se a Casa do Espírito Santo em Alenquer (século XIII), a Capela do Espírito Santo da Merceana (século XV), a Capela do Espírito Santo de Aldeia Gavinha (século XVII) e a Capela do Espírito Santo do Arneiro (século XVI).

São igualmente locais de culto do Espírito Santo no concelho a Igreja do Espírito Santo de Atalaia (século XV ou XVI), a Igreja do Divino Espírito Santo da Ota (século XVI), a Igreja de Nossa Senhora da Conceição/Ermida do Espírito Santo de Pereiro de Palhacana (século XVI), a Capela da Senhora do Ó/ Capela do Divino Espírito Santo de Paula (século XII), a Capela do Espírito Santo do Paiol, a Capela do Espírito Santo de Casais Brancos e a Capela do Espírito Santo de Vale Benfeito.

As Festas do Espírito Santo em Alenquer começaram este ano no dia 04 de abril e prolongam-se até quase ao fim de maio, com um programa mais reduzido devido à pandemia de covid-19.

Leia Também: AO MINUTO: Estirpe britânica? 94% no Algarve; Desconfinamento em risco

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório