Meteorologia

  • 16 ABRIL 2021
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

Teatro S. Luiz com 'Plano comensal de leitura' para os mais novos

A novela de Afonso Cruz 'Vamos comprar um poeta' foi o ponto de partida para o espetáculo 'Plano comensal de leitura' de Marta Bernardes que vai estar em cena ´online` no Teatro S. Luiz, Lisboa, no sábado e domingo.

Teatro S. Luiz com 'Plano comensal de leitura' para os mais novos
Notícias ao Minuto

19:30 - 04/03/21 por Lusa

Cultura Teatro

Destinado ao público mais jovem, 'Plano comensal de leitura' passa-se, à semelhança do livro, numa sociedade imaginada em que o materialismo controla todos os aspetos da vida, em que as pessoas têm números em vez de nomes e na qual os afetos estão contabilizados ao grama.

Nesta sociedade, as famílias têm artistas em vez de animais de estimação. Por isso, a protagonista desta história escolheu ter um poeta em vez de um animal.

Um poeta que vai transformar a vida desta rapariga e da sua família, explicou à agência Lusa a diretora artística, Marta Bernardes.

"Plano comensal de leitura" é "uma história sobre a importância da poesia, da criatividade e da cultura na vida das pessoas e celebra a beleza das ideias e das ações desinteressadas", acrescentou.

O espetáculo é também uma "grande metáfora" sobre a vida que ganha atualidade face às dificuldades por que todos estão a passar, nomeadamente os artistas.

"Estamos a falar de uma crença profunda, de um marca no corpo de que o pensamento poético é ginasticar e olhar para o mundo de outra forma, de repensar o mundo, porque o mundo que temos nas mãos está a colapsar", frisou a encenadora.

Ninguém "vai conseguir viver sem histórias, sem alguém que os comova, sem alguém que os tire de uma dimensão e os leve para outra", frisou.

"Plano comensal de leitura" tem cocriação e interpretação de Catarina Carvalho Gomes, Ivo Romeu Bastos, Ricardo Vaz Trindade e Vanda R. Rodrigues.

O espetáculo usa ainda citações de poemas de vários autores, designadamente de Eugénio de Andrade, Alexandre O´Neill e Natália Correia, entre outros.

Trata-se de uma produção conjunta da Coleção B Associação Cultural e dos teatros Oficina (Guimarães) , Viriato (Viseu) e S. Luiz.

O espetáculo, que decorre às 14h00 e está disponível até às 19h00, repete nos dias 13, 14, 20 e 21.

Entretanto, o S. Luiz tem também em cena ´online` a trilogia "Bodas de sangue", de Federico García Lorca com encenação de António Pires.

Este espetáculo pode ser visto de quarta-feira a domingo, às 19h00 (disponível até às 24:00), até dia 14.

Leia Também: São João assinala fim do centenário com conversas, entrevistas (e não só)

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório