Meteorologia

  • 16 ABRIL 2021
Tempo
21º
MIN 13º MÁX 23º

Edição

São João assinala fim do centenário com conversas, entrevistas (e não só)

O Teatro Nacional São João, no Porto, vai assinalar o fim das comemorações do centenário do edifício-sede com iniciativas 'online', entre as quais a estreia de "À Espera de Godot" do encenador Gábor Tompa, divulgou hoje aquela instituição cultural.

São João assinala fim do centenário com conversas, entrevistas (e não só)
Notícias ao Minuto

16:01 - 03/03/21 por Lusa

Cultura Teatro

O espetáculo "À Espera de Godot" é uma tragicomédia em dois atos onde "nada acontece duas vezes", como lembra o Teatro Nacional São João (TNSJ) em comunicado.

A instituição conta ter lançado um desafio ao encenador multipremiado Gábor Tompa, que revisita o clássico de Samuel Beckett "como um maestro que recria, com músicos diferentes, uma estrutura musical de uma assombrosa precisão".

"Queria expandir um pouco a peça e ter uma canção portuguesa [...]. Há tantos milagres a acontecer ao nosso redor e a que não prestamos atenção: uma árvore que reverdece, a forma como a música e a arte tocam as pessoas", conta o encenador, citado no comunicado do TNSJ.

A estreia está marcada para as 19:00 de domingo com transmissão em direto realizada por Luís Porto.

A peça junta atores que fazem parte do elenco "quase" residente do TNSJ.

Antes, às 12:00, é possível assistir a uma entrevista a Gábor Tompa nos canais digitais do TNSJ.

Esta produção própria é uma das iniciativas de um programa virtual de dois dias que arranca sábado às 18:00, com uma conversa sobre o espetáculo "Exatamente Antunes" e termina domingo às 22:00 com "O Balcão", espetáculo encenado pelo diretor artístico do TNSJ, Nuno Cardoso.

"A 07 de março [domingo] assinalamos simbolicamente o fim do centenário do Teatro São João, mas o centenário não acaba aqui. Uma efeméride é um jogo sem fronteiras: até ao final de 2021 haverá ainda uma exposição, um colóquio internacional e alguns volumes dos Cadernos do Centenário", descreve o TNSJ.

A instituição -- que soma ao TNSJ, o Teatro Carlos Alberto (TeCA) e o Mosteiro de São Bento da Vitória -- convida, ainda, os interessados a instalarem-se na "sala virtual" e a sintonizarem a RTP 2, que, no sábado, às 22:00, transmite "Exatamente Antunes", de Jacinto Lucas Pires.

A peça parte do romance "Nome de Guerra", de Almada Negreiros, e tem como encenadores Cristina Carvalhal e Nuno Carinhas, bem como realização de Pedro Filipe Marques.

"Debatemos, perguntamos, visitamos, repomos, estreamos. Mas calma, ainda não é o fim nem o princípio. O teatro começa todos os dias e todas as noites. Continuamos juntos por mais 200 anos?", desafia o TNSJ.

O programa de conversas, entrevistas, documentários e espetáculos inclui um convite para uma visita guiada ao TNSJ através de um documentário de Luís Porto que dá a conhecer o edifício centenário, no domingo às 08:00.

No mesmo dia segue-se a apresentação digital de "Válvula", às 10:00, uma criação de António Jorge Gonçalves e Flávio Almada que se "situa algures entre a conferência e o concerto, articulando palavras, desenhos e canções".

Às 16:00 são "servidas" três ceias natalícias, através das quais vão ser conhecidas as vidas de três casais disfuncionais em "Comédia de Bastidores", de Alan Ayckbourn, com encenação de João Cardoso e Nuno Carinhas.

Os bilhetes para os espetáculos têm o valor de dois euros.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório