Meteorologia

  • 30 MAIO 2020
Tempo
27º
MIN 20º MÁX 31º

Edição

Teatro São Carlos e CNB sem programação até 6 de abril

O Organismo de Produção Artística (Opart) anunciou hoje a suspensão de atividade do Teatro Nacional de São Carlos (TNSC) e da Companhia Nacional de Bailado, em Lisboa, até 06 de abril, e que "honrará os compromissos com os trabalhadores".

Teatro São Carlos e CNB sem programação até 6 de abril
Notícias ao Minuto

14:07 - 13/03/20 por Lusa

Cultura Palco

Em comunicado, o Opart, que gere aqueles equipamentos culturais, explica que a medida é tomada "no quadro do esforço nacional de contenção do novo coronavírus".

Apesar da suspensão das atividades, o Opart refere que "honrará todos os compromissos financeiros assumidos com os seus trabalhadores e igualmente com companhias, artistas e técnicos independentes".

O público que tenha adquirido bilhetes para os espetáculos afetados por esta suspensão deverá contactar a bilheteira do Teatro Nacional de São Carlos, da Companhia Nacional de Bailado e dos Estúdios Victor Córdon.

No caso da Companhia Nacional de Bailado, são adiados os espetáculos "Planeta Dança" e "Dançar em tempo de guerra". No Teatro Nacional de São Carlos é afetada a produção "Trilogia das barcas", que tinha apresentação marcada para 03 de abril.

A decisão do Opart é tomada em consonância com a dos outros dois teatros nacionais portugueses, o D. Maria II, em Lisboa, e o São João, no Porto.

No teatro nacional em Lisboa, esta suspensão da programação abrange peças como "Fake", de Miguel Fragata, "Damas da noite", de Elmano Sancho, "Onde é a guerra?", de Catarina Requeijo, para além das atividades dedicadas ao Dia Mundial do Teatro, que se assinala em 27 de março.

Já no teatro localizado na Praça da Batalha, os cancelamentos incluem a itinerância da peça "Castro", de Nuno Cardoso, "A Criada Zerlina", de João Botelho, "Alma", de Tiago Correia, "Airbnb e Nuvens: Uma rádio-novela", de Manuel Tur, e "Wake Up", de António Afonso Parra e Luís Araújo.

O número de casos confirmados em Portugal de infeção pelo novo coronavírus, que causa a doença Covid-19, subiu hoje para 112, mais 34 do que os contabilizados na quinta-feira, e os casos suspeitos duplicaram para 1.308.

Dos 112 casos confirmados de Covid-19 em Portugal, 107 estão internados.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório